Translate

sexta-feira, 28 de junho de 2019

DANÇA DAS CADEIRAS. Sai Nádia Ramos, entra Pâmela

Dança das cadeiras na tv cearense. Nádia Ramos, que apresenta o Jornal Jangadeiro-2 muda-se para a Verdes Mares. Em seu lugar quem vai apresentar a edição noturna será Pâmela Marinho.

JORNAIS. Foto invertida mais parece com a situação do PSL


 Envolto em polêmicas internas, o PSL cearense anda meio revirado até nas páginas dos jornais, como na foto publicada pelo O Povo. A matéria conta mais um lance estranho da atuação do dirigente partidário que usaria verba pública para alugar imóvel, além do pedido de afastamento ajuizado pelos deputados André Fernandes e o delegado Cavalcante. 

TOP DA SEMANA. Cocaína no avião' foi o destaque


quinta-feira, 27 de junho de 2019

NOTAS SOLTAS


. O que foi que houve com o programa esportivo da Rádio Cidade, que esteve fora do ar? Um ouvinte nos pergunta e eu só tenho um jeito: é recorrer a quem souber a resposta. 

Inaugurada no Piauí, a CBN de lá que tem coordenação do grupo O Povo. É a segunda emissora que a empresa da Aguanambi cria nos últimos meses. A outra foi no Cariri.  

Acabou a folga de quem faz a cobertura dos times de futebol. Todos os setoristas voltaram ao batente. 




TBT. Para a gente lembrar de fatos que marcaram o ontem

1. Se ainda existe, a Associação de Ouvintes de Rádio do Ceará está completando hoje dezesseis anos. Idealizada pelo professor Djacyr Souza, a entidade tentava unir os ouvintes em torno das coisas desse veículo. 

2. Alguns furos que a gente gostaria de não ter furado: o da vinda da Madonna à Fortaleza. Foi anunciado pelo colunista Alan Neto em junho de 2013. 
Nem ela, nem a Beyoncé. Mas ninguém morreu por isso não. Quem sabe, não venham pro próximo São João em Maracanaú, onde vale tudo. 



3. E para completar esse revival de informações, um vídeo da tv australiana com os apresentadores falando de palavras em português que eles estavam aprendendo para a cobertura da Copa de 2014. Uma delas, "caralho". E a apresentadora que tem dúvida se se fala espanhol ou português em nosso País. 




Escreví na época: 


E os jornalistas australianos deram  a maior bobeira ao discutir sobre que língua se fala no Brasil. Um dia que era italiano. Os apresentadores do Canal Today, Karl Stefanovic e Lisa Wilkinson, discutiam sobre a língua falada em nossa pátria.
- Não falam italiano no Brasil?. 
- Não, eu acho que é espanhol. Pelo menos na última vez que chequei.
O mais incrível veio depois quando um passou a dizer que sabia algumas expressões do Brasil: legal, foi uma. Mas a que mais chamou a atenção dele era a tradução de 'amazing' que o brasileiro chama "do caralho". Repetiu e pediu que todo mundo na banca pronunciasse.  

MÚSICA. Temas do 'Chaves' ganham concerto especial

Um vídeo de uma orquestra tocando as músicas que fazem sucesso há 35 anos no seriado Chaves tem chamado a atenção das pessoas e está viralizando nas redes sociais.
Nele, a Orquestra Filarmônica de São Bernardo do Campo, sob a batuta do maestro Fernando Mathias, usa violinos, flautas, contrabaixos e saxofones para entoar músicas como "Aí Vem o Chaves", "Que Bonita Sua Roupa" e "Se Você É Jovem Ainda". Músicas que marcam a transição de uma cena para a outra, como uma mais triste que geralmente revela um Chaves (Roberto Gómez Bolaños) triste, também são lembradas.

RÁDIO. Grupo O Povo se expande com emissora no Piauí

Com foco em jornalismo plural e de qualidade, a rádio all news CBN Teresina começa a operar nesta quinta-feira, 27, na frequência 97,5 FM, na capital piauiense. Forte programação local e os principais programas da rede CBN estarão na grade. Evento para convidados marcou a inauguração da rádio, na noite desta quarta, 26.
(O POVO) 

quarta-feira, 26 de junho de 2019

CHARGE DO DIA. 'Courrier' foca a crise dos EUA com o Irã


LEITURAS. O jornal Le Monde lista os 100 melhores romances

O francês Le Monde desafiou seus críticos de Literatura a eleger os 100 romances que mais os deixaram emocionados. A apresentação da matéria, divulgada na edição do último dia 21, revelou um texto maravilhoso de se ler. 




De autoria de Luc Bronner, o trabalho faz uma avaliação sobre esse fenômeno fantástico que é o livro, "em uma sociedade onde os algoritmos querem fazer sua lei". Vale a pena magnificar-se com a sua leitura - em francês, mas qualquer bom notebook ou smartphone tem tradutor - e se deliciar com a elegia que o autor faz à magnificência desse objeto fabuloso de leitura. 

O livro, este objeto que pode aparecer em uma biblioteca, enruga-se em uma bolsa de mão, anota, fica durante meses em uma mesa de cabeceira, lê novamente e novamente, compartilhe, ofereça. O livro, esse supremo luxo, bolha dos sonhos, imaginação, viagens, lágrimas instantâneas, risos, perguntas, emoções, aprendizado, descobertas.
Queremos saudar a literatura, a grande literatura, aquela que permanece, apesar dos anos e décadas, aquela que embeleza e cresce com os anos e décadas. Livros passaram imediatamente para a posteridade, outros que permaneceram confidenciais, alguns que esperaram muito tempo antes de serem traduzidos para o francês, livros que você quer compartilhar com seus filhos, seus pais, seus entes queridos, livros que você pode querer reler.

Quanto a uma turnê mundial, existem mil e um caminhos possíveis, como muitos estágios, fronteiras. Nossa lista era obviamente assunto de discussões íntimas, animadas e dolorosas, e era necessário escolher, podar, cortar, decidir entre autores e livros, às vezes com risco de injustiça. Nossa lista, que inclui um trecho da resenha original, será debatida e criticada, e a honestidade nos obriga a dizer que estamos muito satisfeitos. Porque estamos aguardando seu feedback, sua aparência, suas propostas, suas próprias listas. Porque os jornalistas podem e devem ser criticados. Porque, como editores, como livreiros, como leitores, defendemos a felicidade de debater e compartilhar. 

Clique o original AQUI 

FOTOGRAFIA. A imagem do pai e filha em busca de futuro

Uma imagem chocou o mundo hoje. O do pai Oscar Alberto Martínez Ramirez e sua filha de 23 meses, Valeria, na água do Rio Grande, na fronteira do México com o Texas, tragados pela correnteza quando tentavam atravessar a fronteira. 

Julia Le Duc, repórter do diário mexicano La Jornada e autora das imagens, conta ao The Guardian  o que aconteceu. No domingo, uma mulher chamada Tania Vanessa Ávalos soltou gritos desesperados, alegando que a Polícia tinha tirado a filha. Chegando de ônibus do sul do México na fronteira, ela e sua família tentaram fazer um pedido de asilo, mas os serviços de imigração dos EUA foram fechados pelo fim de semana e a espera foi longa. 

"Há alguns meses, havia cerca de 1800 pessoas esperando por uma entrevista para um pedido de asilo em Matamoros. Hoje, existem apenas 300, mas existem apenas três vagas por semana ", diz Julia Le Duc.

Foi então que o pai, Óscar Alberto Martínez Ramírez, decidiu atravessar o rio. "Ele foi primeiro com a menina e deixou-a do lado americano. Então ele voltou para procurar sua esposa, mas sua filha o seguiu avançando na água. Quando ele tentou salvá-la, a corrente prevaleceu. "
O Rio Bravo não é muito profundo, mas as correntes e redemoinhos são fortes, observa ela.

GAMES. Um joguinho para se descobrir o real e o que é fake

Nesse mundo digital, onde o real e o "fake" se entrechocam, dois professores universitários nos EUA resolveram ajuda aos internautas na identificação do que é real e falso. E criaram um game que pode - além de divertir - dá dicas para evitar ser vítima dos 'hackers'. Clique no FAKE A PHOTO .




CENSURA. Jornalistas demitidos por criticarem o governo

Existe censura nos tempos de cólera, digo de governo Bolsonaro? Tudo leva a crer que sim. A demissão de Rachel Sheherazade, Marco Antonio Villa e Paulo Henrique Amorim certificam essa evidência. 


A demissão de Rachel pelo SBT, atendeu pedido feito a Silvio Santos pelo empresário dono da Havan, por fazer críticas ao governo Bolsonaro. Ele ameaçou cortar patrocínio caso Silvio não atendesse ao pedido. 


Na Record, Paulo Henrique Amorim foi colocado na geladeira, já que seu contrato só termina no final de 2021. Mesmo assim, ele sai de cena do programa de domingo na emissora do bispo. 

Tem outro caso que pode ser relacionado a esses, como o do apresentador Marco Antonio Villa, que foi sacado da Jovem Pan, também por conta de críticas ao governo federal.  

terça-feira, 25 de junho de 2019

MEMÓRIA. Dez anos da morte do rei do pop: Michael Jackson


JORNAIS. O julgamento da Justiça brasileira no Le Monde


LEITURAS. Enfermagem repudia anúncio do Sine do RS

Deu no Zero Hora de Porto Alegre:


Uma postagem da página oficial da prefeitura de Porto Alegre no Facebook causou polêmica ao longo desta segunda-feira (24). Publicada na noite de domingo (23), a postagem trazia a capa do álbum Turma do Batente (2001), do É o Tchan, além de outras referências a sucessos da banda baiana no texto para anunciar as 142 vagas à disposição no Sine Municipal na manhã seguinte. 
A polêmica levou a prefeitura a se explicar nos comentários. Conforme o Executivo municipal, as vagas são anunciadas todo domingo, porém, a comunicação desejava "encontrar maneiras de levar a mensagem ao maior número de pessoas possível." Segundo o texto, "nunca foi intenção ofender ninguém, muito menos brincar com coisa séria", tratando-se "apenas de uma linguagem leve para captar a atenção das pessoas. A informação que importa está ali e, graças à alusão ao grupo pop, chegou a um grande número de pessoas".Horas depois, uma das críticas veio do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS), que publicou nota de repúdio e prometeu tomar "medidas jurídicas cabíveis". Segundo o Coren-RS, "além de ser de extremo mau gosto ao tentar brincar com uma realidade de desemprego na capital gaúcha, desrespeita e sexualiza as profissionais de enfermagem". A imagem compartilhada pela prefeitura traz a dançarina Scheila Carvalho fantasiada em alusão a uma enfermeira, enquanto outros membros da banda fazem alusão a outras profissões.

O anúncio original:

TV. Paulo Henrique Amorim deixa o "Domingo Espetacular"


Após 14 anos ininterruptos, Paulo Henrique Amorim, jornalista da Record TV , deixará a bancada do "Domingo Espetacular". A informação foi confirmada pela assessoria da emissora, que afirmou que o apresentador será substituído por Patrícia Costa e Eduardo Ribeiro.




"Paulo Henrique Amorim deixa o programa e permanece na emissora à disposição para novos projetos", completa o comunicado sobre o afastamento do jornalista da Record TV .

As mudanças fazem parte do processo de reformulação do jornalismo da emissora, que está sendo implementado pelo vice-presidente de jornalismo, Antonio Guerreiro, desde janeiro.

Apesar de a saída de Paulo Henrique Amorim do " Domingo Espetacular " ter sido relacionada a uma reestruturação interna, há alguns meses rumores de que o jornalista estaria próximo de ser demitido por fazer severas críticas ao presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, ganharam musculatura nas redes sociais.

FONTE: O DIA 

domingo, 23 de junho de 2019

RÁDIO. Nesta 2a. volta "Conjunturas" na Tribuna Band News

A Tribuna Band News inicia, nesta segunda feira, a nova temporada do "Conjunturas", o debate sobre assuntos relacionados à atualidade nacional. O tema da edição que vai ao ar às 10 da manhã, será o "Vasa Jato", sobre a divulgação de mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro com o procurador Delton Dalagnol. 

Em sua nova versão, o programa conta a participação dos políticos Mauro Filho, atual Secretário de Planejamento do governo Camilo Santana, do deputado estadual Renato Roseno (PSOL) e do federal Capitao Wagner. Eu estou como mediador do debate. 

TV. Luis Roberto ganha elogios pela narração do jogo do BR

O site da UOL elogiou a narração de Luis Roberto na decisiva partida entre França e Brasil, neste domingo. Principalmente, o do gol que foi anulado e que, mesmo a tv mostrando a bandeirinha levantada, mas ele continuou narrando o gol. 

O jogo entre Brasil e França nas oitavas de final da Copa do Mundo feminina foi dramático, sendo decidido apenas na prorrogação. E o narrador Luis Roberto segurou como poucos a transmissão na Globo, misturando emoção e torcida para a seleção brasileira. O estilo despojado do narrador fez a alegria dos telespectadores, apesar da derrota do Brasil para a França por 2 a 1. Ele virou um dos assuntos mais comentados da tarde desse domingo no Twitter.  
O gol de Thaisa para o Brasil, aos 18 minutos do segundo tempo, só foi validado depois do VAR. No campo, a arbitragem tinha indicado impedimento. Luis Roberto não estava nem aí: ele narrou o gol sem interrupção, mesmo com a bandeirinha levantada sendo mostrada na tela...

quinta-feira, 20 de junho de 2019

NOMES. Rubens Ewald Filho era a imagem do Oscar no Brasil

Rubens Ewald Filho, o crítico de cinema que morreu ontem, tinha até homenagem na calçada da fama. De Santos, onde nasceu. Seu nome estava associado às transmissões do Oscar. 

TV. Repórter da afiliada da Globo vive momentos de tensão

O jornalista Jony Torres foi trancado na mala do próprio carro durante uma tentativa de assalto no início da noite dessa segunda-feira (17) na zona rural da cidade de Esplanada, região nordeste da Bahia. Os ladrões ainda atearam fogo ao veículo, mas Jony conseguiu escapar antes das chamas consumirem seu veículo, um modelo Nissan Tiida de quatro portas. O carro teve perda total. O jornalista da TV Bahia - afliada da Globo -, tem uma fazenda com o sogro no município.



Nesta quarta-feira (19), Jony Torres usou as redes sociais para comentar a tentativa de assalto que sofreu.

TV. Escolinha volta dia 8 com novidades: a sala de artes

Próximo dia 8 de julho acontecerá o retorno da "Escolinha do Professor Raimundo", em sua quinta temporada. Nela, novos cenários. Alguns dos integrantes como Marcelo Adnet, Mateus Solano, Dani Calabresa, Marus Melhem e Marcos Caruso vão interpretar o musical "Saltimbancos", na sala de artes da escola. 

terça-feira, 18 de junho de 2019

MÍDIA. TIB diz que Moro foi contra Lava-Jato investigar FHC

Um trecho do chat privado entre Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol revela que o ex-juiz discordou de investigações sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na Lava Jato porque, nas palavras dele, não queria “melindrar alguém cujo apoio é importante”. O diálogo ocorreu em 13 de abril de 2017, um dia depois do Jornal Nacional ter veiculado uma reportagema respeito de suspeitas contra o tucano. A informação nos foi enviada por e-mail pela redação da TIB. 


Naquele dia, Moro chamou Deltan Dallagnol em um chat privado no Telegram para falar sobre o assunto. O juiz dos processos da Lava Jato em Curitiba queria saber se as suspeitas contra o ex-presidente eram “sérias”. O procurador respondeu acreditar que a força-tarefa – por meio de seu braço em Brasília – propositalmente não considerou a prescrição do caso de FHC e o enviou ao Ministério Público Federal de São Paulo, segundo ele, “talvez para [o MPF] passar recado de imparcialidade”.
À época, a Lava Jato vinha sofrendo uma série de ataques, sobretudo de petistas e outros grupos de esquerda, que a acusavam de ser seletiva e de poupar políticos do PSDB. As discussões haviam sido inflamadas meses antes, quando o então juiz Moro aparecera sorrindo em um evento público ao lado de Aécio Neves e Michel Temer, apesar das acusações pendentes de corrupção contra ambos.

PARA LER A MATÉRIA COMPLETA, CLIQUE AQUI 

CHARGES. Kácio Pacheco e a 'morte" do ministro Levy



ORIGINAL: Metrópoles

segunda-feira, 17 de junho de 2019

TV MEMÓRIA. João Inácio âncora do J10 e Moacir Maia cantor

Nos tempos em que a TV Verdes Mares engatinhava com sua programação local - aberta apenas para o noticioso do Jornal do 10, o âncora era João Inácio Jr. Bons tempos em que ele parecia o mito Sansão, com uma farta cabeleira. E olha só, Moacir Maia dando uma de cantor com direito a gozar os peões da redação no plantão de carnaval. Sua tv já teve essas caras.

JORNALISMO. The Intercept Brasil busca colaboradores

O jornalista Green Greewald, responsável pela divulgação das conversas entre o então juiz Sérgio Moro e o colega Delton Dallagnol, nos envia e-mail falando sobre a importância do The Intercept Brasil. 



O Intercept não tem fins lucrativos, por isso não estamos submetidos à pressão exercida pela publicidade ou por patrocinadores. Isto nos permite manter o foco no que é essencial: fazer jornalismo denso, de qualidade e que não arrega.

Desde que comecei a escrever sobre política em um blog gratuito em 2005, o apoio dos leitores tem sido fundamental para me permitir fazer esse tipo de jornalismo, priorizando o compromisso com o interesse público e com quem acompanha meu trabalho. Isso vale ainda hoje para a equipe do TIB, que é a melhor e mais corajosa equipe de jornalistas no país.

De maneira mais objetiva, a contribuição dos leitores permite ao TIB financiar a contratação de pessoal e a produção de mais e melhores matérias (sim! Elas demandam muitos recursos de pesquisa, visuais, jurídicos etc.). Foi o que garantiu a espetacular cobertura do Intercept Brasil durante a eleição e vai permitir que o site se expanda em 2019.

Porém, essa parceria entre o veículo e o leitor acontece também de maneira mais profunda. O nosso trabalho torna-se um tremendo esforço coletivo. No fim das contas, é o que permite que a nossa cobertura permaneça totalmente sem amarras políticas ou financeiras. A equipe continuará trabalhando sem rabo preso graças a vocês!

Por isso quero te convidar para conhecer melhor o que nós produzimos. Aqui embaixo estão algumas das melhores histórias do TIB. E quero também que você faça parte do nosso trabalho e da nossa comunidade: compartilhando nossas matérias, enviando esse texto para seus contatos e contribuindo conosco. 

PING PONG. Texto de blogueiro chupa Exame sem referência

O velho questionamento da anterioridade das coisas - "quem veio primeiro: o ovo ou a galinha? - parece estar de volta a essas plagas. Agora relacionado a dois artigos sobre o aplicativo Uber, em destaque no blog Agregando Valor e na revista Exame. Tudo muito semelhante, sem tirar nem por uma vírgula. 

O texto da Exame, de Vanessa Barbosa, foi divulgado no dia 16 de maio de 2019. O outro, assinado pelo Rodrigo Goyana, é mais recente: 14 de junho. Com quase um mês de diferença, dá para se ter a ideia de que um lincou o outro e esqueceu de citá-lo como fonte. Pode não, né Arnaldo?



PARA LER OS ARTIGOS:



1. BLOGS AGREGANDO VALOR 

2. EXAME     


BRASIL 2019. Silvio Santos é "imortalizado" como acadêmico



Nada contra, nem a favor - muito pelo contrário, como escreveria o antigo Pasquim -, mas o título recebido ontem pelo apresentador  Silvio Santos de "imortal" é algo que surpreende. Ele nunca escreveu nenhum livro, tampouco se sabe de algo que o possa listar entre os membros de uma academia literária e, ainda, a que tem o honroso nome do dramaturgo e poeta bretão William Shakespeare. 
Pois essa tal de academia resolveu apoiar e homenagear o segmento cultural e artístico brasileiro concedendo ao comunicador o título e "imortal", tornando-o acadêmico imortalizado com o título de "Dom Senor Abravanel”.

Charles DeGaulle tinha razão: o Brasil não é um País sério. 

VÍDEO. Homem usa técnica para empilhar moedas com arte


LEITURAS. Site acusa Google de copiar conteúdo seus

O Genius é um site de música onde as letras são principalmente compiladas, algo que começaram a fazer com músicas de rap , hip-hop e hoje em dia de qualquer estilo. Tem totais e cerca de 25 milhões de letras (letras) canções de todos os tipos.
Uma quantidade tão grande de informações bem curadas , revisadas, organizadas e classificadas é muito gulosa , e embora as letras de uma música sejam o que são, não é muito bom copiá-las sem mais de seu site (além de outras questões legais, como as letras têm direitos autorais de seus autores, etcetera¹). O Google solicitou permissão para acessá-los por meio de uma API anos atrás, mas a Genius simplesmente disse "não, obrigado".
Então o Google (ou alguém a quem o Google pagou) parece ter decidido copiá-los como estão, extraindo-os de seu site com robôs e técnicas de sucateamento. Naturalmente isso não foi fácil de detectar ou provar, mas Genius percebeu por pequenos detalhes. Eles avisaram o Google, que negou a cópia de qualquer coisa.
(Leitura do Microsiervos) 

domingo, 16 de junho de 2019

NOMES. Morre Haroldo Serra, criador da Comédia Cearense

Um nome para ser lembrado na história do Teatro cearense, Haroldo Serra nos deixou neste domingo, depois de 84 anos de idade. Ele fundou e atuou no Grupo Comédia Cearense, ao lado de Hiramisa Serra, sua esposa. 





sábado, 15 de junho de 2019

NOMES. E lá se foi Zeffirelli, o diretor de 'Romeu e Julieta'

Franco Zeffirelli, o diretor de filmes, ópera, épicos religiosos e histórias de amor de Shakespeare, morreu este sábado, "sem sofrer", disse o filho Pippo. Ele tinha 96 anos.
Considerado uma verdadeira lenda italiana, ele foi indicado ao Oscar quando inovou sua versão de "Romeu e Julieta"(1968), Zeffirelli morreu em Roma. 


POLÊMICA. Anúncio do governo federal acusado de racismo

Depois da propaganda da Caixa que foi retirada do ar pelo governo por questões raciais, agora é a vez do anúncio do Ministério da Educação que virou polêmica nas redes sociais. 
A jornalista da Folha de SP, Anna Virginia Balloussier, reporta-se hoje sobre o anúncio divulgando inscrições para bolsas de inscrições, que é acusado de racismo na internet. Ele revela que um aluno que entra na faculdade negro e sai branco quando diplomado —"o auge dessa primeira etapa universitária, portanto". 
"Três reações no Twitter ganharam destaque na enxurrada de respostas críticas à peça publicitária. Uma delas diz: "Ganhe um diploma e troque a cor da pele". A outra: "Opa, MEC racista: tá tendo". Há ainda uma montagem em que a mão com o canudo está com o dedo do meio em riste". 

JORNAIS. Eduardo Tessler lamenta capa de jornal mineiro

Faltou o último olhar


É inadmissível para um impresso confundir duas histórias.

Na capa de hoje do Super Notícia (Belo Horizonte, MG), a foto da atriz Paolla Oliveira, em pose sexy e com pouca roupa, invade a área da manchete, cujo tema é estupro.

Por mais popular que seja o jornal, esses escorregões são um tremendo gol contra. É a desinformação impressa.

sexta-feira, 14 de junho de 2019

MÍDIA. E o uso de dispositivos móveis já bate o da televisão.


Pela primeira vez, os americanos passaram mais tempo em dispositivos móveis do que assistindo televisão. Uma estimativa de 2019 aponta que os adultos gastaram uma média de 226 minutos (mais de três horas e meia) em seus celulares, comparados com 216 minutos na TV. Há dez anos, a televisão reinava com 266 minutos por dia enquanto o mobile atraía por apenas 20 minutos.

(Com informação do Meio & Mensagem)

JORNAIS. O bom Eliomar de Lima anda cochilando em serviço


NOMES. Morre o jornalista Clóvis Rossi da Folha de SP

O Brasil jornalístico perdeu esta madrugada a figura de Clóvis Rossi. Aos 76 anos, ele se recuperava em casa de um infarto. Rossi começou na profissão em 1963 e estava na Folha desde 1980. 
Rossi começou no jornalismo em 1963. Trabalhou nos jornais Correio da Manhã, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil. Teve ainda passagens pelas revistas Isto É e Autoesporte e pelo Jornal da República e manteve blog no espanhol El País. Estava desde 1980 na Folha.Ganhou vários prêmios jornalísticos, entre eles o Maria Moors Cabot, da Universidade de Columbia, e o da Fundação Nuevo Periodismo Ibero-Americano, criada por Gabriel García Márquez.Escreveu os livros “Clóvis Rossi, Enviado Especial, 25 Anos ao Redor do Mundo” e “O que é Jornalismo”.

(Com informação da Folha de SP) 

JORNAIS. Capa do Hebdo gera acusação de misoginia


Irrevente e satírico, o jornal francês Hebdo - aquele da tragédia há alguns anos - voltou a criar celeuma ao publicar capa sobre a Copa Feminina que está sendo realizada na França. Leia o que diz a Folha de SP sobre o fato: 

A capa do jornal satírico francês Charlie Hebdo desta semana causou celeuma na mídia e nas redes sociais do país-sede da Copa do Mundo feminina de futebol.
O desenho na primeira página do número que circula desde quarta (12) mostra uma vulva em primeiro plano. Na região do clitóris, há uma bola de futebol.
A legenda diz “Copa do Mundo feminina: vamos ter que engolir durante um mês”. O verbo usado, “bouffer”, tem duplo sentido: é usado na França também como equivalente chulo de “transar”.
Muitos internautas e comentaristas de programas de TV viram no cartum, além de mau gosto, misoginia.

quinta-feira, 13 de junho de 2019

FACEBOOK. Sou novo membro da coluna do Will Nogueira



O radialista Will Nogueira, durante muitos anos coordenador de programação da Verdes Mares FM 93, tem dispensado boa parte de seu dia para editas nas redes sociais a coluna Rádio e TV no Ceará. E, admirador do seu trabalho, e agora sou membro do grupo. 

INTERNAUTAS. Lições sobre a operacionalidade do rádio AM


Extraído do Facebook do Assis Pereira

DICA. Microsiervos mostra relógio fractal relaxante





As mãos deste relógio são fractais: no final de cada um são copiadas e copiadas, mas a cada vez são 70% menores. À medida que o tempo passa, eles se movem devagar (embora nos primeiros segundos de demonstração o efeito seja acelerado); No total, o vídeo dura uma hora inteira. É uma criação do HackerPoet .
Matematicamente a geometria da sua construção faz com que algumas curvas conhecidas aparecem como curva de dragão (07:22), o eixo H (14:45) ou um triângulo perfeito (37:22)
Eles dizem que o efeito de ver o relógio fractal crescer e se mover é bastante relaxante; se é tela cheia e com a música de fundo, melhor que melhor.
Também pode ser usado como temporizador de contagem regressiva . E é código livre; pode ser baixado para ver como está programado ou criar variações: Github: FractalClock .

(Dica original Microsiervos)