quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

TV. Record quer deixar TV Cidade e comprar a União-CE


Insatisfeita com a TV Cidade, a Record passou a negociar a compra de uma rede de televisão local do Ceará para transformar em canal próprio do grupo: trata-se da Rede União, emissora que mescla clipes musicais com conteúdo regional, e que conta com retransmissoras em 8 estados, além de sua geradora, localizada em Fortaleza.

Segundo informações obtidas com exclusividade pelo Observatório da Televisão, as negociações da Record com a Rede União já aconteciam há alguns meses, porém, foram retomadas com maior intensidade após as queixas da chefia do jornalismo do canal da Barra Funda sobre a cobertura feita pela TV Cidade sobre a chacina que aconteceu em Fortaleza e deixou 14 mortos no último sábado (27). O setor reclama que a emissora afiliada demorou para chegar no local do crime, perdendo boa parte dos acontecimentos, e não produziu material o suficiente para os telejornais de rede, especialmente o Cidade Alerta, que voltou a ter exibição em cadeia nacional ontem (29).


O episódio serviu como estopim de uma crise na relação rede/afiliada, que já vinha estremecida desde a última renovação de contrato, em 2015. A TV Cidade, ao renovar sua parceria com a Record, se comprometeu a alinhar sua programação com o padrão seguido pelas demais praças e a readequar suas produções, especialmente a faixa matinal, composta por uma reprise de telejornal do dia anterior e pela reapresentação de programas femininos e de viagens exibidos originalmente no final de semana. Porém, quase três anos depois, nada foi feito.
A maior audiência da TV Cidade, segundo dados consolidados da Kantar Ibope, é a exibição inédita do Cidade 190, noticiário policial exibido na faixa do meio-dia, com média de 8,3 pontos em janeiro – atrás da TV Verdes Mares (Globo) e da TV Jangadeiro (SBT). Já o produto nacional mais assistido é o Domingo Espetacular, que também fica em terceiro lugar. A emissora, outrora premiada como “a mais Record das emissoras”, não é vice-líder desde agosto de 2015, quando o SBT retomou a parceria com a TV Jangadeiro, e tem dificuldades em manter o 3º lugar na disputa com a TV Diário, emissora local, e a NordesTV, afiliada da Band no estado. Não é raro que a Record fique em quarto lugar em Fortaleza, com pouca distância em relação a quinta colocada.
Ao adquirir a Rede União, o Grupo Record pretende transformar a sede da emissora, em Fortaleza, numa emissora totalmente nova e que se reporte diretamente a matriz, como já é o caso do Rio de Janeiro, Salvador, Brasília, dentre outras. As retransmissoras seriam distribuídas entre a Record News e a Rede Família, no caso de praças que já tenham acesso a primeira.
A audiência da TV União é residual atualmente. Nenhum programa passa de 1 ponto de média e a qualidade técnica da emissora é precária – apesar de ter sinal HD, já que o sinal analógico já foi desligado em Fortaleza, poucas atrações são transmitidas em alta definição (e só são para a matriz). Caso a aquisição seja concretizada, a Record iniciará uma nova estrutura do zero, reaproveitando somente o edifício sede do canal.
O contrato da Record com a TV Cidade termina em setembro de 2019. Uma rescisão unilateral não é descartada pela cúpula da emissora.
Procuradas pela reportagem do Observatório da Televisão, a RecordTV diz “que vai cumprir o contrato com a TV Cidade/CE” e a Rede União, por telefone, disse que o assunto é restrito a diretoria do canal e que não daria maiores informações sobre o assunto. A TV Cidade não foi localizada.
(Matéria de RICK SOUZA publicada no Observatório da TV, edição de 30/01/2018)

TV. Um trabalho de pesquisa e documentação do Futebolês



RÁDIO. Sobre ida de Gomes Farias para a Dom Bosco


Resultado de imagem para soccer images

Essa é de primeira: um passarinho me contou que Gomes Farias estaria prestes a fechar contrato com a Dom Bosco FM. Embora tenham circulado muitos informes sobre a mudança do profissional para outros prefixos nos últimos tempos, mas sem que isso acontecesse, há quem assegure que estejam bem adiantadas as negociações para que a emissora católica passe a inserir em sua grade a presença de uma equipe esportiva. 

Fomos em busca de uma confirmação junto a emissora e ficamos sabendo que, na verdade, isso vem acontecendo, embora nada tenha sido oficializado. 

Torcemos para que seja mais um espaço de trabalho aberto aos profissionais da terra.  

TV. Globo compra direitos de exibição de Chaves e Chapolin

SBT/DivulgaçãoAs famosas séries mexicanas Chaves Chapolin devem estrear ainda este ano no canal pago Multishow. A Globosat, um dos braços do Grupo Globo, firmou parceria com a rede mexicana Televisa e o Grupo Chespirito e comprou os direitos de exibição das séries. A informação foi confirmada à reportagem pela assessoria de imprensa do canal de TV por assinatura. 

O maior fã-clube dos programas, Fórum Chaves, publicou a informação em sua página após se reunirem na sede da Globosat para apresentação do projeto. Segundo eles, as séries já foram registrados na Ancine (Agência Nacional do Cinema), norma obrigatória para exibição na televisão. 

A empresa comprou 273 episódios de Chaves e 250 de Chapolin. Além deles, foram registrados como First run mais 117 capítulos de Chaves e 127 de Chapolin, que são histórias inéditas no Brasil. Não há, ainda, previsão de quando as séries irão ao ar. Atualmente, Chaves é exibido nas manhãs de sábado e domingo pelo canal aberto SBT e, segundo a própria emissora não deixarão de passar lá.

As duas atrações foram criadas pelo mexicano Roberto Gómez Bolaños, conhecido como Chespirito, e produzidas pela Televisa (Televisión Independiente de México). Chaves, a mais popular no Brasil, foi originalmente exibida entre 1971 1979 e conta com os personagens e é protagonizado por um garoto órfão e pobre que mora dentro de um tonel em uma vila.
Quico (Carlos Villagrán), Seu Madruga (Ramón Valdés), Dona Florinda (Florinda Meza), Chiquinha (María Antonieta de las Nieves), Seu Barriga (Edgar Vivar) e Professor Girafales (Rubén Aguirre) são alguns dos outros personagens.

(Correio Braziliense)

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

NETFLIX. O que o 'streaming' programou para fevereiro 2018

Séries

  • 01 de fevereiro de 2018Brooklyn Nine-nine — 4ª temporada
  • 01 de fevereiro de 2018Teen Wolf — 6ª temporada (parte 1)
  • 02 de fevereiro de 2018Altered Carbon — 1ª temporada
  • 07 de fevereiro de 2018Queer Eye — 1ª temporada
  • 13 de fevereiro de 2018Riverdale — 1ª temporada
  • 14 de fevereiro de 2018Legion — 1ª temporada
  • 15 de fevereiro de 2018Re:mind — 1ª temporada
  • 16 de fevereiro de 2018Prima Squadra: Juventus — 1ª temporada
  • 16 de fevereiro de 2018Everything Sucks! — 1ª temporada
  • 20 de fevereiro de 2018As Crônicas De Frankenstein — 1ª temporada
  • 23 de fevereiro de 2018Marseille — 2ª temporada
  • 23 de fevereiro de 2018Seven Seconds — 1ª temporada

Filmes

  • 01 de fevereiro de 2018Foxcatcher – Uma História Que Chocou O Mundo
  • 01 de fevereiro de 2018Corações De Ferro
  • 01 de fevereiro de 2018Marvel Studios: Guardiões Da Galáxia
  • 01 de fevereiro de 201899 Casas
  • 06 de fevereiro de 2018Sharknado 5: Voracidade Global
  • 09 de fevereiro de 2018Quando Nos Conhecemos
  • 13 de fevereiro de 2018Steve Jobs
  • 16 de fevereiro de 2018Perfeita Pra Você
  • 19 de fevereiro de 2018Fullmetal Alchemist
  • 23 de fevereiro de 2018Mudo
  • 25 de fevereiro de 2018Verónica
  • 27 de fevereiro de 2018A Garota Dinamarquesa

Documentários ou stand-ups

  • 01 de fevereiro de 201878/52 (documentário)
  • 01 de fevereiro de 2018Seremos História? (documentário)
  • 01 de fevereiro de 2018How The Beatles Changed The World (documentário)
  • 06 de fevereiro de 2018Fred Armisen: Standup For Drummers (stand-up)
  • 09 de fevereiro de 2018Gloria Allred: Justiça Para Todas (documentário)
  • 23 de fevereiro de 2018Ugly DeliciousTemporada 1 (documentário)

Kids

  • 01 de fevereiro de 2018Spike Team — 1ª temporada
  • 01 de fevereiro de 2018Elena De Avalor — 1ª temporada
  • 01 de fevereiro de 2018As Meninas Superpoderosas — 1ª temporada
  • 02 de fevereiro de 2018Luna Petúnia: de volta à Incrivolândia — 1ª temporada
  • 14 de fevereiro de 2018Greenhouse Academy — 2ª temporada
  • 16 de fevereiro de 2018Dreamworks Dragões: Corrida Até O Limite — 6ª temporada

TV. A Record é a emissora que mais mudou seu logo


Dimage

Fundada em 1953, por Paulo Machado de Carvalho, a Rede Record é a emissora mais antiga, em atividade, do país país. 

Desde esse tempo, seu logotipo já passou por várias fases. 

GAMES. Um dos mais famosos, o Pac-man chega aos 39

Lançado em outubro de 1979, Pac-man foi desenvolvido por Tohru Iwatani. Sua ideia partiu dos jogos de tiro. Em meio a uma crise criativa, decidiu passar a noite com seus amigos e percebeu que faltava um pedaço de pizza. Foi então que surgiu o personagem Paku, e em consequência disso, o jogo, que em seu princípio era chamado de “Puck-Man”. Paku-paku, em japonês, significa quando a boca de alguém abre ou fecha.

No ano seguinte o jogo foi comprado pelos americanos e de Puck-Man o jogo passou para Pac-Man, evitando assim a substituição da letra P pela letra F, no antigo nome. De 1982 até 1984 foi feito um desenho animado para o jogo, pela Hannah Barbera. No Brasil, a animação apareceu por volta de 1987, na Rede Bandeirantes, e se chamava “Comilão”. O jogo está na lista dos 100 melhores jogos de todos os tempos, na décima nona posição.

imageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimage

NOMES. Morre nos EUA o ator Mark Salling de 'Glee'


O ator Mark Salling, da série "Glee", foi encontrado morto nesta terça-feira (30). O corpo foi  encontrado no rio Los Angeles, em Sunland, Estados Unidos - região onde morava.
De acordo com o site americano especializado em celebridades TMZ, a causa provável da morte é suicídio e que ele teria se enforcado. O ator de 35 anos estava enfrentando um processo judicial após ter sido flagrado com pornografia infantil. Ele se declarou culpado perante um júri e estava a espera do veredito, que poderia ser de mais de 20 anos de prisão.

(Notícias ao Minuto)

TELEVISÃO. A Rede Globo enfrenta resistência a campanha

Há um mês, a Globo vem pedindo, em seus programas jornalísticos, que os telespectadores gravem mensagens de todos os lugares do Brasil com o tema 'O Brasil Que Eu Quero'. O pedido era que o público gravasse vídeos, em pontos turísticos de diversas cidades, com uma pegada bem otimista. Porém, uma corrente que circulou no whatsapp pedia justamente o contrário, que a população enviasse à emissora vídeos que mostrassem as mazelas do país, cobrando os governantes. 

A corrente ganhou o nome de 'O Brasil que eu não quero'. O pedido do povo foi maior que o da Globo e a emissora recebeu milhares de vídeos feitos em ruas sem asfalto, lugares abandonados pelos governantes e com mensagens realistas falando sobre o Brasil que vivem e pedindo melhorias para o país. A campanha reversa deu tão certo que a emissora convocou seus principais jornalistas para servirem de exemplo e assim, animar o público a fazer o mesmo.

(O Dia) 

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

CARTOONS. Morre Mort Walker, o criador do Recruta Zero

Criador da tirinha "Recruta Zero", o cartunista Mort Walker morreu neste sábado (27), aos 94 anos, em Stamford (Connecticut), Estados Unidos.

Segundo Bill Morrison, presidente da Sociedade Nacional de Cartunistas dos EUA, a causa da morte foi pneumonia. As informações são do jornal "The Washington Post".

"Recruta Zero", criação mais conhecida de Walker, trata de um bando de soldados preguiçosos e ineficientes de um acampamento militar.


domingo, 28 de janeiro de 2018

TV. Lúcio Brasileiro é o próximo entrevistado da Ian Gomes

O próximo entrevistado da jornalista Ian Gomes, no "Viver Mais", de sábado 3 de fevereiro na TV-Ceará, chegou a manifestar o desejo de se encontrar com Deus para sublimar-se. Ele é o colunista social Lúcio Brasileiro que, na gravação do programa, chega a questões polêmicas sobre a vida e a morte. Ian Gomes promete que, este, será uma das entrevistas mais interessantes que ela já fez. Ficamos no aguardo. 

JORNALISMO. Ombundsman analisa publicação de O Povo

Uma publicação constrangedora

 28/01/2018

  Uma foto, por si só, carrega vários sentidos. Quando olhada em um contexto, em um evento, ganha sua expressão e significância. Isso foi perceptível na semana que passou em uma postagem no O POVO. Na quarta-feira passada, 24/1, logo após o julgamento que manteve a condenação do ex-presidente Lula, por 3 votos a 0, O POVO publicou, em seu perfil no Facebook, uma imagem que mostrava o placar da votação dos desembargadores com uma foto da mão do ex-presidente. Do lado do número 3, em destaque no primeiro plano, os dedos de Lula. Ao fundo, uma multidão. Duas leituras foram marcantes para leitores que se incomodaram com a publicação: o posicionamento político, contra o ex-presidente, a partir de uma impressão de desdém e escárnio após o resultado do julgamento do TRF-4; e uma ideia de deboche com a deficiência de Lula, que não tem um dos dedos das mãos. Não creio que alguma delas tenha sido intenção do O POVO. Seria pouco responsável se assim o fosse. De todo modo, foi uma escolha infeliz. A imagem é usada pela própria militância que apoia o ex-presidente como símbolo de força e de resistência. (O ex-presidente perdeu o dedo em um acidente de trabalho quando era metalúrgico.) “Ao longo da história, Lula se apropria do estigma como marca e força – tanto que a imagem foi usada pela assessoria dele em diversos momentos e isso também não é desprovido de sentido e intenção. As imagens não são inocentes ou ‘puras’”, destaca a jornalista Iana Soares, editora do Núcleo de Imagem do O POVO. Em outro contexto, a imagem teria sentido positivo. Na publicação do Facebook O POVO Online, ganhou ares de gozação. “No post, não há uma simples exposição da imagem. Foi um erro grande. A avaliação feita por muitos leitores (e por mim) não é implicada apenas por paixões e ânimos acirrados, mas por associações simples do senso comum, reforçadas pela relação entre imagem e texto”, avalia Iana.  

Repercussão negativa
O dia estava tenso, com o Brasil eufórico e polarizado política e ideologicamente. Desde cedo, O POVO anunciava que seria um dia “histórico” e mantinha uma cobertura séria, com análises fundamentadas. Ao fazer essa publicação em uma mídia do Grupo, põe-se toda a cobertura em suspeição. Recebi do leitor Américo Souza, historiador e ex-membro do Conselho de Leitores do O POVO, um longo email, em que classifica o caso como uma “vulgar expressão de sensacionalismo grosseiro e flagrante manifestação de parcialidade política”. Para ele, faltaram discernimento, responsabilidade e ética. “Ao fazer uso de uma imagem da mão mutilada do Sr. Luiz Inácio como fundo ilustrativo do placar da votação de seu julgamento, O Povo inequivocamente se pôs ombreado aos adversários políticos que tomaram como meta a desconstrução dele e de seu legado para as lutas populares no Brasil”, observou. Para a leitora Anna Karine Lima, a publicação foi inadequada: “Que mau gosto, para não ter de perder meu tempo procurando outro adjetivo”. Samuel Miranda, professor, enviou: “Existem o repórter, o chefe de redação e o editor. Todo mundo fez uma escolha infeliz? Esperamos uma retratação do jornal”. O leitor Herlanio Evangelista Silva se sentiu ofendido: “Como deficiente, me sinto atingido pela publicação. Peço que O POVO se retrate em primeira página”. A repercussão foi tão negativa que a postagem foi apagada poucos minutos após a publicação. Era minimamente o que se poderia fazer para amainar os efeitos desagradáveis da reverberação do caso. Mas foi pouco. Não bastava apenas ter excluído a foto. Um pedido de desculpas, um comunicado público indicando o equívoco, alguma satisfação teria de ser dada aos inúmeros leitores que se sentiram insultados. “Erro de avaliação”
Érico Firmo, coordenador do Digital e editor do O POVO Online, reconheceu que houve “um erro de avaliação” ao se pensar que, pelo fato de a imagem ser usada constantemente por Lula e pelo fotógrafo, não teria a leitura que teve: “A intenção da foto em nenhum momento foi de debochar, fazer gracinha, tripudiar da deficiência de Lula e/ou do resultado do julgamento. Lamentamos e pedimos desculpas àqueles a quem ofendemos. Ainda que tenha sido o resultado, de forma alguma era esse nosso objetivo ou desejo”. Segundo ele, a imagem seria usada com qualquer resultado. Foram feitas simulações com quatro placares, contrários e favoráveis a Lula. A questão não foi simplesmente o uso da imagem. Foi o contexto em que ela está inserida. Deu amplamente margem à interpretação de ofender o personagem em questão e os leitores que entenderam ter ali um posicionamento político. Em casos assim, o cuidado deve ser multiplicado. Não se deve pôr a perder todo um esforço de noticiar com rigor a partir de uma postagem equivocada e inoportuna. 

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

RÁDIO. A voz da Tribuna elogiada pelo governador do CE

Daniella de Lavor, agora interina das manhãs na Tribuna Band News substituindo lucas Leite, foi elogiada pelo governador Camilo Santana, por conta da beleza de sua voz.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

TV. Márcio Gomes vai deixar Tóquio e voltar pra Sampa


Marcio Gomes ✔ 
@MarcioGreporter Amigos, deixo Tóquio no fim de Junho deste ano para continuar o trabalho que tanto amo em São Paulo. Voltamos, eu e família, prontos para novos desafios, no nosso país. Quem fica no meu lugar é o craque Carlos Gil. 

19:15 - 25 de jan de 2018... - 

RÁDIOS/TV. Um guia da ACERT sobre emissoras do Ceará

SAFADÃO. Mulher de Wesley denuncia dançarina do Aviões

Mulher de Wesley Safadão, Thyane Dantas recorreu à polícia do Ceará contra Jamille Lima, ex-dançarina da banda Aviões do Forró. Segundo a modelo, a bailarina criou perfis falsos no Instagram com o objetivo de difamá-la. Na conta existem publicações comparando as roupas de Thyane a sacos de lixo e a acusando pelo sofrimento da ex-mulher de Safadão, Mileide Mihaile, de quem era amiga.


Thyane prestou queixa na Delegacia de Defraudações e Falsificações do Ceará. O processo corre em segredo de Justiça. Jamille Lima nega que seja a responsável pelo perfil no Instagram: "Quem me conhece sabe que eu não tenho tempo e nem estômago para esse tipo de coisa. Esse assunto já está nas mãos dos meus advogados".

(Da coluna de Fernando Oliveira-Agora)

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

JORNAIS. Como a mídia internacional vê a decisão sobre Lula







JORNAIS. Justiça decreta a falência do Diário de São Paulo

O "Diário de S.Paulo", antigo "Diário Popular", teve o pedido de falência decretado nesta terça (23), assim como suas controladoras, a Editora Fontana e a Cereja Serviços de Mídia Digital.

A publicação continuará circulando, pois, no entendimento do juiz Marcelo Barbosa Sacramone, da 2ª Vara de Falências de São Paulo, a massa falida terá mais benefícios ao alienar um negócio que está em funcionamento do que com um paralisado.

O diário tem cerca de cem funcionários e circulação estimada em 34 mil exemplares.

O jornal teve vários donos desde 1988, quando mudou de mãos pela primeira vez, entre os quais Orestes Quércia, a Infoglobo e J.Hawilla.

(Informação da Folha de SP) 

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

CURIOSA. Qual a figura mais entrevistada na mídia do Ceará?

Mas me diga mesmo qual é a figura mais entrevistada do Ceará? Se você respondeu Disraeli Brasil, a-cer-tou! O coordenador de trânsito da AMC em Fortaleza, está todo santo dia, no rádio, na TV, no impresso, na mídia toda, sempre dando conta de aspectos relacionados ao seu trabalho.

Sem querer (provocar) querendo a discussão, o jornalista esportivo Jussie Cunha postou algo referente a essa visibilidade dele na mídia.



Rapidamente, internautas ligados a área compartilharam comentários curiosos e, pas-mem! - o próprio Disraeli Brasil se mostrou presente, também, nas redes sociais. 

Alguém duvida que Disraeli não seja a figura mais presente na mídia? Ganha de Camilo, Roberto Cláudio e toda a companhia. 

Delano Holanda Disraeli Disraelli Brasil sem dúvidas o homem mais entrevistado do Brasil...kkkkk
Gerenciar


Responder2 h
Disraelli Brasil Valeu Trem bala
Gerenciar


Responder46m
Felix Alves Coutinho Junior o cara tá na TV, rádio, internet todo dia o tempo todo
Gerenciar


Responder2 h
Luis Costa É cadeira obrigatória na faculdade de Jornalismo! 06 créditos!
Gerenciar


Responder1 h

Responder1 h
Disraelli Brasil Muita honra um post desse , tenho maior apreço pelos jornalistas
Gerenciar


Responder45m