segunda-feira, 20 de junho de 2016

JORNAIS. Folha destaca policial candidato em Fortaleza

O deputado estadual Capitão Wagner ganha hoje espaço nas páginas da Folha de SP. Ele é citado junto a outros políticos ligados à área de segurança que disputam as prefeituras em vários municípios do País. Diz o texto: 



"Eles são policiais, campeões de votos nas últimas eleições para deputado e agora querem ser prefeitos de capitais. Empunhando as bandeiras da segurança e da defesa da família, preparam-se para disputar as eleições na condição de "outsiders", buscando superar candidatos de grupos políticos tradicionais. [...]

Em Fortaleza, desponta como candidato a prefeito o líder da greve da Polícia Militar em 2012, o Capitão Wagner (PR), 37. Deputado estadual mais votado da história do Ceará com 194 mil votos, Wagner disputará as eleições contra nomes tradicionais como o prefeito Roberto Cláudio (PDT), apoiado por Cid e Ciro Gomes, e a ex-prefeita Luiziane Lins (PT).

Para isso, firmou uma aliança com o PSDB do senador Tasso Jereissatti e promete chegar à prefeitura com a bandeira da segurança pública –para ele, um dever também dos municípios.

Mesmo sendo policial, afirma que não se considerar um conservador: tem a defesa da família como bandeira, mas diz respeitar os direitos dos homossexuais, por exemplo.

"Não tenho um mandato de esquerda, mas estou muito longe de um Jair Bolsonaro", afirma Wagner.

Na campanha eleitoral de 2014, foi acusado pelo então governador Cid Gomes (PDT) de "controlar uma milícia" na PM e de prender rivais para influenciar resultados nas urnas. Ele nega qualquer atuação irregular."

Nenhum comentário: