terça-feira, 21 de abril de 2015

DEU NO JORNAL. A guerra por público da antena parabólica

OUTRO CANAL

Emissoras se unem contra antena que só pega Globo

A guerra entre as emissoras de TV por causa do público da antena parabólica (cerca de 20 milhões de domicílios em todo o país) está longe de acabar.

Desde o ano passado, os ânimos estão exaltados porque um receptor de sinal digital da Century, empresa líder no setor, carrega o sinal da Globo, mas não os das demais redes abertas.

Na segunda-feira (20), Record, SBT e RedeTV!, que já vinham discutindo o tema, bateram o martelo. As três concorrentes vão financiar a fabricação de um novo aparelho que carregue o sinal digital delas. Em princípio, o equipamento não deve ler o sinal da Globo.

O telespectador que faz uso da tecnologia terá que optar pela solução que mais lhe convier. Para ter acesso a todas as emissoras abertas, será preciso comprar dois aparelhos diferentes. Do contrário, terá de se contentar só com a Globo ou só com as concorrentes.

O problema começou com a mudança da tecnologia analógica para o sinal digital. 
À diferença do primeiro, o segundo é codificado e precisa de um receptor para ser visto normalmente nos aparelhos de TV.

A Century não foi encontrada para comentar a criação do concorrente. Na época do lançamento do aparelho, ela não se pronunciou.

(Folha de SP)

Nenhum comentário: