sábado, 27 de dezembro de 2014

RÁDIO. O que considerei bom de se ouvir em 2014


Essa não é uma lista de melhores e maiores, mas uma avaliação muito pessoal de quem eu considerei bem neste 2014 no rádio cearense. 

A locutora Ana Paula, da Povo CBN, convenceu como a voz feminina mais bonita do ano. Em 2013 esse título pertenceu a Jocasta Pimentel, hoje mais restrita à redação da Tribuna Band News - o que perde o ouvinte. 

Em relação à presença feminina no rádio há que se dizer que foi marcante. Daniella de Lavor é a grande revelação na grade da Tribuna Band News. Segurança e firmeza na leitura e voz compatível com as exigências do rádio moderno. É a nossa Nely Pereira. 

Os comentaristas de rádio pecaram por falta de objetividade. A professora Adísia Sá, com mais de 80, ainda conseguiu ser mais direta na consciência de que 'tempo é ouro'. 

Na área do esporte radiofônico, o melhor narrador continua sendo Renilson Souza, da Povo-CBN, vindo em seguida o Carlos Fred. Num Estado que já deu revelações fulgurantes como Antero Neto, esse setor anda meio carente. 

Gosto do Jussiê Cunha, como comentarista. Tem noção do que diz; mostra-se bem informado e como apresentador de esporte bate longe alguns medalhões que não se requalificaram. 

2014 foi um ano de Laila Cavalcante, que atuou na Tribuna Band News, e mostrou uma evolução incrível em termos de repórter política. 

A emissora FM musical que melhor atende a minha exigência é a Tempo FM, da Carmen Lúcia, embora a Atlântico ainda chame a atenção. Quando relacionada à programação jovem, a Cidade bombou. 

2014 marcou a volta ao rádio de Marilena Lima, substituta de Ênio Carlos e que acabou ganhando um horário na grade da Verdes Mares, aos sábados. Maísa Vasconcelos chegou a substituir uma das joanetes do João Inácio, mas quando se pensava que ia ter um horário seu... sumiu! 

A Tribuna Band News foi a emissora que mais impressionou em termos de realização de debate político. Foi o nosso 'Primeira Edição' que realizou o encontro dos candidatos ao governo do Ceará, com um detalhe: foi a primeira vez que uma emissora de TV fez cadeia com a emissora de rádio para transmitir ao vivo. 

Pontos a favor da emissora da Rede Jangadeiro, a novidade de instalar um estúdio num shopping, fato que acabou sendo copiado pela sua principal concorrente CBN-Povo. 

Foi o ano em que a ACERT-Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão realizou um simpósio discutindo o rádio que se faz, com possibilidades de se agilizar mudanças.

Um comentário:

Marcos Maranguape disse...

A respeito da bandnews só acho que deve haver uma melhor sincronia entre as emissoras matriz e local. Diversas vezes vejo a rede atropelar uma reportagem local, isso é bastante complicado. Achei que era coisa de estreia, mas o tempo passou e o problema persiste. No mais feliz 15 pra vc !