segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

OSCAR 2012. O silêncio ganha as manchetes

.
Surpreendente como as manchetes de vários jornais norte-americanos elegeram a expressão "silent night" para definir como foi a festa do Oscar 2012. A frase relaciona-se, evidentemente, a vitória do cinema silencioso, em plena era do digital, rodado em preto e branco (O Artista) e outro que fala das origens do cinema (A Invenção de Hugo Cabret) remetem o público do Cinema aos tempos do início da chamada Sétima Arte. Alguns títulos de jornais chegaram a igualar-se. Mas o que mais chamou a atenção foi o espaço dado pelo The Times ao evento da Academia: uma citação em pequeno espaço, sem o estardalhaço que a maioria dos outros fez.

 





Nenhum comentário: