quinta-feira, 22 de setembro de 2011

"Humanos-automóveis" de Flamínio Araripe


Em seu blog, Flamínio Araripe concede uma fabulosa contribuição ao Dia Mundial sem Carros que, reproduzimos aqui para reflexão de todos:

"Tem 4 rodas e anda. O carro também possui motor e carrega um monte de lata. O trambolho leva pessoas dentro.

Alguns acham que conduzem o veículo e sofrem quando a lataria é amassada ou a pintura foi arranhada.Doi como se fosse na pele, um dos sinais da idiotia ambulante. Sentem status de dono atraídos como moscas no mel da publicidade.

Outro sintoma já diagnosticado reúne muitos e muitos carros que conduzem devagar uma sociedade inteira em horários marcados a um estágio otário de civilização que obriga os humanos a passar duas e três horas encerradas no comboio.

Sem contar que morre gente dentro deles, atestam os dados epidemiológicos da saúde pública. A buzina é o dispositivo para exercício da imbecilidade no automóvel."

Nenhum comentário: