domingo, 27 de junho de 2010

Blogs. Lições que se aprende na prática


Uma pessoa me perguntou o que é um blog. Do que sei da prática, respondi-lhe. Um blog é o antigo diário pessoal que ganhou reciclagem. No passado, ele era usado pelas adolescentes para contar casos, sonhos, pensamentos ou o registro de tópicos do seu dia num caderninho de anotações. Tudo muito suscinto. Nada de textos longos. Com teor muito intimista ou não, mas sempre buscando ter uma marca pessoal.

Na Internet, esse diário ganhou algumas variantes a partir do uso jornalístico. Há quem considere que o registro de um fato, uma notícia pura e simples, não deveria ser divulgada num blog. O site é o caminho para isso. Mas desde que a agilidade e a interatividade dos blogs exigiram competitividade, muitos profissionais de imprensa passamos a aproveitar o espaço. 

Há quem diga que a alma do blog tem um outro caráter. O de ser leve, sutil, se possível textos em forma de 'potins', dicas, citações, comentários. Tudo muito ágil, sem comportar aqueles tijolões, textos normes, pesados, can-sa-ti-vos.

Na verdade, não há regras pre-estabelecidas para se criar e ter um blog. Nada formal. Tudo vai depender do modo de ser de cada um. Cada blogueiro deve priorizar o seu estilo, a sua marca. E deixar rolar a emoção, como já dizia o verso da canção.

2 comentários:

Anônimo disse...

Agora escreve explicando o que eh o Twitter. Enche o saco o povo dando bom dia, boa noite, to saindo, ja vou pessoal. Twitter nao eh chat, eh blog, mini-blog.

José de Arimatéa dos Santos disse...

Nonato, o blog hoje é a ferramenta muito eficaz. É tanto que não sinto falta da revista impressa. Vou a banca compro a revista que tenha um algo a mais e continuo ainda adquirindo o jornal impresso que gosto
muito.
No blog procuro colocar minhas ideias, minhas opiniões e participar de outros ótimos blogs como o Gente de Mídia.