sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

MARKETING. Mensagens de Hitler em campanha da Coca



A Coca-Cola suspendeu uma campanha criada para as redes sociais com a marca #MakeItHappy lançada durante o intervalo do Super Bowl no último domingo, 1. O motivo foi a associação da campanha com o livro Mein Kampf (Minha luta), do ex-ditador alemão Adolf Hitler.
A campanha estimulava internautas a marcar mensagens via Twitter com a hastag #MakeItHappy, quando o tema fosse algo negativo. Usando um código de informática que forma desenhos com palavras (ASCII), a campanha tentava mostrar que é possível transformar algo ruim em uma coisa boa.
“Transformamos o ódio que você encontrou em algo feliz. Retransmita para fazer as pessoas felizes :)”, dizia a resposta automática da Coca-Cola, que vinha acompanhada de um desenho formado pelas palavras da mensagem original.
Internautas postaram a palavra-chave recomendada pela marca com a citação nazista, e a campanha da Coca-Cola retransmitiu inadvertidamente a mensagem para mais de três milhões de seguidores.
A mensagem que derrubou a campanha veio do blog Gawker, de Nova York, especializado em notícias de mídia e celebridades. Ele criou um perfil com o nome @MeinCoke, por meio do qual enviou citações do livro do ditador.
Uma porta-voz da Coca-Cola enviou e-mail para o site Adweek comentando o episódio: “A mensagem #MakeItHappy é simples: a internet é o que fazemos dela, e nós esperamos inspirar as pessoas para um mundo mais positivo. É lamentável que o Gawker esteja tentando transformar a campanha em algo que ela não é”.
A mensagem da Coca-Cola no Twitter foi excluída, e a campanha foi suspensa por enquanto.
Mensagens com link para os desenhos com citação de Hitler
(Informação do Estadão)

Nenhum comentário: