Translate

terça-feira, 27 de outubro de 2020

MEMÓRIA. Internauta quer adquirir uma lata do óleo Pajeú

Abro o tutorial do GENTE DE MÍDIA e dou de cara, lá no tópico dos comentários, com um pedido de um leitor desejoso de comprar uma lata do óleo Pajeú, mesmo vazia. O motivo assinalado por ele é para uso de decoração.

O que para algum desinformado possa sugerir uma tolice, um pedido desses, na verdade faz referência a um dos produtos de marketing que mais influenciaram o hábito de consumo na cozinha dos cearenses. 

No período em que o Ceará dominava a produção e exportação de algodão, um dos produtos oriundos do caroço era o óleo Pajeú. 

Produzido pela usina Siqueira Gurgel, indústria situada no bairro do Otávio Bonfim, onde hoje se localiza um supermercado , o produto era bastante popular em termos de consumo e a figura estampada na lata de metal, de certa forma, contribuiu para a aplicação de 'bullying' de cunho pejorativo/racista, ao comparar meninas ue usassem tranças ou usassem vestido vermelho de bolinhas como a "neguinha do Pajeú". 

Na história de 'marketing', porém, a imagem do produto hoje é considerada um 'cult' em termos de 'design' por exercer tão grande influência, mesmo dezenas de anos depois que ele deixou de existir no mercado. 

PS. O telefone da pessoa solicitante é (88) 99652 2121.  

Nenhum comentário: