segunda-feira, 13 de novembro de 2017

RÁDIO E TV. Mudanças no quadro funcional da Verdes Mares


Tem novidades no Grupo da Verdes Mares. Demissão, o que não é notícia agradável de se dar. Houve um corte e funcionários no grupo, envolvendo profissionais tanto da rádio AM e da TV Diário. 

Foram demitidos Sebastião Belmino, Carneiro Portela, Edson Silva (o político), da linha de show da TV foi demitido o Garcia Junior, além de Alinda Tavares, David, Ana Cláudia Andrade (coordenadora da rádio), o responsável pelo cenário Cícero, David, diretor comercial, além de telefonistas. 

10 comentários:

Anônimo disse...

Notícias correm informando que todos os vendedores autônomos da casa também foram demitidos.

Jonys Castro disse...

Só corrigindo, Nonato:

Gaarcia Júnior (Coordenador de entretenimento da TV Diário);
Ana Cláudia Holanda (Coordenadora da Rádio Verdes Mares); NÃO ANDRADE.
Cícero Medeiros (Cenotécnico/ diretor de cenografia);
Linda Tavares (Comercial).

Jeferson Cesar disse...

Uma pena a demissão desses profissionais,principalmente o Belmino e o Edson Silva,dois grandes profissionais.Resta saber como ficará os programas deles.Já no caso do Carneiro Portela,ele há muito tempo estava jogado na madrugada de domingo na Verdinha,com programa gravado.

Anônimo disse...

Quando irão demitir o João Inácio Júnior!? Avisem!

marcos oliveira disse...

Eu acho que o Belmino tava na tv diário pelo menos uns 15anos não sei se é isso mesmo talvez seja mais

marcos oliveira disse...

Eu acho que o Belmino tava na tv diário pelo menos uns 15anos não sei se é isso mesmo talvez seja mais

Maria Isabel Cândido Ferreira de Oliveira disse...

Falta de respeito aos profissionais mudanças feitas por interesse dos outros com isso perdem muitos ouvintes e telespectadores

beto oliveira disse...

assum..alguém tem notícia?

Anônimo disse...

Voltem, Belmino e Edson Silva!

Unknown disse...

Já faz algum tempo que deixei de ouvir a VM. Existe alguns locutores petulantes, sem expressao própria, racistas, pernosticos e que não gostam de ser criticados, apesar de ter alguns dignos de ser louvados.