segunda-feira, 27 de março de 2017

Por que veículos de comunicação não se divulgam mais?

Essa postagem é um desafio: é que tem gente que me pergunta por que eu não falo de mais estações de rádio e de tv. É bom que se diga que todo órgão de comunicação vive de notícia, informes que são repassados por assessorias e interessados em divulgar seus trabalhos. São essas fontes que alimentam os meios produtivos e esses, por sua vez, realimentam (abastecendo) o mercado com o produto chamado informaçãoPois o mesmo não acontece com os que atuam nesses meios. 

À exceção de O Povo (jornal) e da Verdes Mares (tv), os demais órgãos em Fortaleza - pelo que deduzo - não dispõem de setores de informação de sua programação. Não trabalham com assessorias, o que é algo contraditório. E isso é algo muito sério quando se sabe que "quem não se comunica... não se comunica mesmo! 

Por isso, estamos a renovar/reforçar o convite para nos enviar informações. O endereço é o do nosso e-mail nonato.albuquerque@gmail.com

FALANDO NISSO

Como já escreveu a ombudsman do jornal O Povo, Tânia Alves, "onde não circula a informação, prolifera o boato". E esse ano já aconteceram vários casos de empresas de comunicação que não se divulgam, ou que não dão esclarecimentos. Primeiro, a TV O Povo cortando o Trem Bala (motivo da jornalista ter feito a citação) e, recentemente, a Jovem Pan Fortaleza correndo risco de ser fechada, mas nada de dar uma resposta ao seu blog ou ao público mesmo, que é o maior interessado. em Por que veículos de comunicação não se divulgam mais?
escreveu o internauta JardeL

Um comentário:

Jardel disse...

Como já escreveu a ombudsman do jornal O Povo, Tânia Alves, "onde não circula a informação, prolifera o boato". E esse ano já aconteceram vários casos de empresas de comunicação que não se divulgam, ou que não dão esclarecimentos. Primeiro, a TV O Povo cortando o Trem Bala (motivo da jornalista ter feito a citação) e, recentemente, a Jovem Pan Fortaleza correndo risco de ser fechada, mas nada de dar uma resposta ao seu blog ou ao público mesmo, que é o maior interessado.