sábado, 28 de maio de 2016

CRISE. Até que ponto ela atinge os meios de comunicação?

A crise econômica também atinge a área de comunicação. Por causa dela, jornais impressos diminuem a tiragem em relação há outros tempos; passam por readequação, com desemprego e a permanência de alguns títulos apenas na versão digital. Aliás, praticamente, sumiram das ruas os tradicionais vendedores de jornais, hoje resumindo-se à venda em bancas. 

Outro meio em que a crise se estabelece é na faix de rádio AM. Hoje é possível se notar a diminuição da quantidade de mensagens comerciais divulgadas nos intervalos dos programas. Em algumas emissoras de grande porte, os anúncios se resumem ao merchãs feitos de viva voz pelos apresentadores em programas de audiência, enquanto nos intervalos são veiculados apenas os chamados calhaus, peças de propaganda da própria emissora.

Um vendedor de comerciais de uma emissora cearense AM, nos confidenciou ser crítico o mercado, com dificuldades de convencer empresários a anunciarem na faixa do rádio AM. Por isso mesmo, a crise avança ainda mais no meio. 

Ilustração: A importância do rádio no contexto publicitário

Nenhum comentário: