quinta-feira, 24 de novembro de 2011

ERRO. A Wikipédia matou o ministro Aznar


Humanos da tropical taba tupiniquim, contentai-vos! Não somos nós os únicos jornalistas a cometer gafes, a trocar as bolas e a ter que bater texto com desculpas para o jornal do dia seguinte na coluna "Erramos". Até a famosa Wikipédia comete enganos. Como a de anunciar a morte do primeiro-ministro espanhol José Maria Alfredo Aznar López.


Na verdade, como é feita com a ajuda de internautas, a famosa enciclopédia livre fica vulnerável a ataques de 'hackers'. Pois um deles publicou a falsa morte do ex-presidente do governo José Maria Aznar. Foi o bastante para que #AnimoAznar se converter-se no assunto mais comentado na página dos 140 caracteres em questão de segundos. E não é que acabou contagiando até a CNN.

Nenhum comentário: