quarta-feira, 30 de março de 2011

VIDA&ARTE. A excentricidade de um texto


Matéria do Vida&Arte de hoje, "Procura-se um corno", é uma dessas deliciosas peças pautadas pela irreverência. Seguinte: o fundador e diretor da Associação Brasileira dos Cornos [ existe sim! ] quer encerrar a carreira de dirigente da entidade - à frente desde 1999 -, e busca à todo custo um sucessor. O texto do Henrique Araújo foi construído com muita excentricidade.

"Não causa surpresa que, na vida de qualquer pessoa, haja um momento incontornável: a hora de parar. Por que seria diferente com o sexagenário José Adauto Caetano, pai de 18 filhos, marido traído por sete das oito mulheres para as quais entregou seu coração sofredor? Presidente da Associação Brasileira dos Cornos (ABC) desde o surgimento da entidade, em 1999, Adauto está decidido: quer encerrar a carreira. Encheu-se de amparar farrapos de homens esmagados pela dor na quina do juízo".

A Associação Brasileira dos Cornos fica na rua Pedro Pereira, no centro. Tele fone (85) 8602 3783. E conta com cerca de 10 mil sócios.

Um comentário:

Anônimo disse...

Hahahaha eu sou associado

Rubens Correia