terça-feira, 29 de março de 2011

RELIGIÃO. Um comercial nada desejável


A desinformação é capaz de excessos. Um artigo ( excelente ) do cineasta Wolney Oliveira, no Povoonline, sobre 'Religião e religiosidade no Cinema', acompanha um link do Google com uma apelativa chamada para "casamento espírita"(?). A surpresa: não existe na doutrina codificada por Allan Kardec esse tipo de cerimônia, muito menos os espíritas acreditam nesse tipo de 'buena dicha' para encontrar a sua 'cara metade'. Puro interesse comercial.

Um comentário:

Anônimo disse...

Mas que "cousa"!!!! Totalmente desenformado e com certeza criando uma linha de marketing apelativa, diga-se de passagem. Casamento espírita...será que leu Kardec?
Abs Nonato.

J.Figueiredo