sexta-feira, 26 de novembro de 2010

GERAL. Por que a correspondência atrasa

Convites que chegam depois do evento

Receber correspondência atrasada já não é novidade para mim. Não culpo os Correios, mas a insistência de entregadores que encaminham cartas a mim destinadas para a sede de O Povo, imaginando que a rádio ainda funcione ali. Até chegar as minhas mãos, haja tempo. Assim, convites deixam de ser atendidos; material importante deixa de ser divulgado. Tudo, porque dependo de um 'carteiro-amigo' que evite o descaminho completo.

Hoje, por exemplo, chegou-me convite para o Festival Sete Sóis, Sete Lulas, inaugurando o Teatro Tapera das Artes em Aquiraz. Era para o dia 20. Isso não é nada: Material do Congresso Brasileiro de Psiquiatria, que aconteceu de 27 a 30 de outubro, só tomei conhecimento hoje. Ainda assim, valeu pelo excelente material recebido.

Um manual com boas práticas de comunicação e guia com recomendações para aqueles que cobrem a área de Ciência e, frequentemente, batem com termos específicos que precisam traduzir aos leitores. Excelente material.

Nenhum comentário: