sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Censura. O documentário proibido no Ceará


Um filme francês, realizado no Ceará pelo documentarista José Huerta, tem ganho intensa campanha em sua defesa, por parte de entidades ligadas ao meio ambiente e direitos humanos. O filme já rendeu oito ações judiciais, entre as quais uma por "crime", acompanhadas de pedido de indenização de 60 mil euros.

O filme chama-se "Une semaine in Parajuru"(Uma semana em Parajuru), realizado em 2008 no litoral cearense, mostra a expansão turística e seus efeitos perversos na pequena aldeia de Parajuru. Até a atriz alemã Hanna Schygulla< apareceu na TV irritada com os empreendimentos austríacos, que a seu ver “descaracterizam e desestabilizam a coesão de um vilarejo no Brasil”. Uma citação de O Povo.



Entre as acusações, estão alegadadas declarações difamatórias que não aparecem no documentário. Em agosto último aconteceu uma audiência na Justiça do Ceará, onde correm os processos, quando pescadores foram favoráveis ao cineasta.

O autor ganhou também a adesão da ONG Reporteros sin Fronteras , que chegou a solicitar à Justiça não cedesr a eventuais pressões, nomeadamente económicas, e que não validasse um pacto de censura.

O filme será exibido dia 20 de outubro em Rennes, na França; dia 4 de novembro em Toulouse e no dia 26 de novembro em Montpellier.


teaser "Une semaine à Parajuru"

Para adquirir o DVD do filme clique AQUI.

Nenhum comentário: