quinta-feira, 26 de junho de 2008

A morte de Sylvinha Araújo da Jovem Guarda

. Quem tem mais de 40 deve se lembrar de Sylvinha Araújo, a cantora dos tempos da Jovem Guarda e que faleceu ontem em SP.

. Sylvinha tinha 56 anos e morreu em decorrência de um câncer de mama. Mulher do cantor Eduardo Araújo, ela convivia com a doença havia 12 anos.

. Sílvia Maria Vieira Peixoto Araújo nasceu em Mariana e foi criada em São João Del Rey (ambas em Minas Gerais), e tornou-se cantora com apenas 14 anos, quando lançou seu primeiro disco, com as músicas "Vou botar Pra Quebrar" e "Feitiço de Broto".

. Sylvinha ganhou fama na época da jovem guarda --ao lado de ícones como Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa. Sua voz potente emprestou força a canções como "Paraíba" (de Luiz Gonzaga) e rendeu comparações até com a cantora americana Janis Joplin.

Um comentário:

fatima disse...

Ah, Sylviana lembra o tempo em que eu sonhava que o sonho nunca chegava enquanto estivesse acordada. Dá para entender? É assim que me defino adolescente.

Sua voz tão límpida, tão graciosa figura. Para mim, o artista que me toca nem sempre é o que toca tanto em rádios e tvs.