quarta-feira, 30 de maio de 2018

JORNALISMO. Eduardo Tessler analisa a cobertura da greve

Como falar da crise com alguma criatividade


Três bons exemplos de como contar o movimento dos caminhoneiros de forma diferente.

Estado de Minas (Belo Horizonte, MG) usa a capa para contextualizar, contar uma história do início ao fim.

O Estado de S. Paulo (SP) vai pela explicação, o Por Que - com uma ótima foto da Ceagesp vazia.

Já o Diário Catarinense (Florianópolis, SC) mostra a consequência literalmente nas costas da população.

Os três encontraram uma saída para fazer a edição de papel do dia seguinte ser relevante.

Nenhum comentário: