sábado, 22 de julho de 2017

NOTAS SOLTAS

1. Reviravolta no caso da equipe esportiva da Cidade AM. 'Seleção Titular do Rádio' voltou pra emissora, mas desfalcada de dois profissionais: Mário Ottoni, que foi para Assunção e Anastácio de Castro que foi para Expresso. É o que nos informa o nosso leitor estimado Jefferson César. 

2. E falando em equipe esportiva, o bom Jussie Cunha retornou do período sabatico, como ele mesmo denominou as suas férias e ja começou a bater o ponto na Tribuna Band News.


Um comentário:

Djacyr Souza disse...

A lógica do nosso rádio é o desrespeito ao ouvinte. Como é que se muda uma programação de uma hora para outra e não faz nem um comunicado ao ouvinte? Por que o rádio é assim? Por que a interatividade não existe? O rádio perece diante de um grupo de dirigente que não preza seus usuários, não respeita quem ouve, não tem a mínima consideração por quem o patrocina. Ouvi alguns dirigentes de rádio zombarem dos ouvintes e dizerem que não tem satisfação a dar para eles. O rádio poderia crescer junto com os ouvintes , mas prefere desprezar e desrespeitar...
A crise do rádio cearense é fato, mas não é debatida pelos meios de comunicação. Há radialistas que morreram na miséria e hoje sequer são lembrados. Há radialistas de grande nome em época remotas que hoje perecem no anonimato sem ajuda alguma nem dos colegas nem das rádios a qual deram nome e fama.
Por que o rádio é assim? Na atual fase de migração do AM para o FM não perguntaram a opinião do usuário e a mudança é feita de goela abaixo. Realmente os ouvintes não passam de mala como é dito nos bastidores de qualquer emissora por aí..