domingo, 6 de dezembro de 2015

TELEJORNAIS. Globo perde hegemonia do Jornal Nacional

O horário de audiência mais segura da Rede Globo despencou. Falo do Jornal Nacional que, em novembro, chegou a um dos piores índices desde sua estreia em 1969. A causa, segundo o crítico Ricardo Feltrin, foi a audiência da novela "Os dez mandamentos" da Record. Por aqui, a retransmissora da Globo foi batida pela TV Jangadeiro, no somatório da audiência do mês, na programação que vai do meio dia às 2 da tarde.


Eis o que escreve Feltrin: Nas décadas de 70, 80 e mesmo 90, o "JN" chegava a ter 70% ou mais de participação no universo de TVs ligadas. Emissoras jamais lançavam programas no mesmo horário do telejornal, porque o fracasso seria garantido.
Porém, este ano, por causa da novela bíblica, a Globo chegou a espichar ou atrasar o telejornal - algo impensável alguns anos atrás.
Com o fim de "Os Dez Mandamentos", contudo, a situação deve mudar para melhor este mês, embora o "JN" não tenha mais o mesmo impacto.
Com a concorrência do noticiário da internet, das outras emissoras e a fuga de telespectadores para a TV paga, esses tempos de glória do "JN", provavelmente, ficarão no passado para sempre".

2 comentários:

paulo césar disse...

Acho que isso se dá não somente pela concorrência, mas pelo tipo de jornalismo enganador que ela vem fazendo, como nos episódios das invasões das escolas estaduais de São Paulo.

Benedito Ap. da Silva (Benê) disse...

Pois é, sou Paulista mas nem de longe olho com bons olhos para Alckmin e cia. Nos 20 anos de governo aumentaram de 40 para 227 praças de pedágios, pior, a preços abusivos. Tem o caso do Trensalão; Falta de água por desperdício entre tantos, mas os paulistas, menos eu, acham que é o Estado que mais sabe votar, quer dizer, Síndrome de Estocolmo, ou igual mulher de bandido, que apanha, apanha mas não larga do cabra.