segunda-feira, 15 de junho de 2015

TEVÊ. Novos tempos da TV-C, sem planos para os do passado


Preocupado, talvez, com prioridades essenciais do Estado, o governo Camilo Santana ainda não deu o merecido tratamento a um de seus veículos de divulgação governamental, que é a TV-C. A mudança de superintendentes - saiu o Guto Benevides, assumiu Tibico Brasil - até agora não produziu nada que pudesse chamar a atenção, muito pelo contrário. 

Alguns programas foram cortados da grade da emissora, como o 'Leruaite', do Falcão, o 'Cena Aberta' e a coluna semanal da jornalista Kézya Diniz. Inicialmente, falou-se que seriam durante o tempo de reformulação; no entanto, a informação que se tem é de que nenhum deles irá voltar. 

Hoje, foi visto circulando na emissora alguém ligado ao Palácio da Abolição que, provavelmente, deve ter ido entabular conversa para as modificações esperadas. Que sejam colocadas em primeiro plano.

Um comentário:

Anônimo disse...

De todos o que sentirei mais falta é do programa do Falcão. Agora cá entre nós, essa Kézya Diniz é chatinha pra caramba, é do tipo que tem que trabalhar atrás das câmeras, no vídeo não presta não. Já vai tarde!