quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

TRÂNSITO. Carro da tv Cidade capota no bairro Aldeota


O trânsito de Fortaleza anda insuportável. Anda é força de expressão. Só para vocês terem uma ideia, levei 50 minutos para fazer o percurso na Dom Manuel - trecho da Duque de Caxias até o Seminário da Prainha. Quase uma hora.

Sempre é assim, mas hoje em virtude do show da TV Verdes Mares, a coisa piorou. Faltou a presença de agentes da AMC para dividir o tráfego nas vias laterais ou então um sistema que, de algum ponto, pudesse ampliar o tempo do corredor principal. Não existe o tal corredor verde?



A confusão das quintas, tem a da José Avelino e até parece que, hoje, foi completa. Até o carro de reportagem da TV Cidade acabou capotando na Aldeota, ao tentar evitar colisão com outro veículo. O motoista José Aglailton e o repórter Denis Barbosa sofrem escoriações leves, pelo que li no blog do Eliomar. Mas o que interessa é revelar que, mesmo com as providências que estão sendo tomadas pela Prefeitura com a criação de faixas de ônibus e ciclofaixas, a cidade está um pandemônio em matéria de trânsito.  

Um comentário:

Flavio Neilo disse...

Seu Nonato deixa eu aproveitar o tema e perguntar; Por que as ciclofaixas ocupam as ruas e avenidas principais?
Deixa cintar alguns exemplos: No caso da Av. Santos Dumont ficou muito bom, a via é bem largo, então o trafego flui bem. Nas Avs. Antonio Sales e Rui Barbosa ficou ruim, são engarrafamentos imensos, e carros e ciclistas disputando um espaço mínimo. Acho que, em alguns casos se deveria implantar as ciclofaixas em ruas paralelas menos movimentadas, tipo; Av. Antonio Sales\ Rua João Brígido, Av. Rui Barbosa\ Rua Mon. Bruno.