segunda-feira, 27 de maio de 2013

INTERNET. "Uma ameaça para a humanidade"


Ninguém sabe o que deu na cabeça do Julian Assange, aquele criador do site WikiLeaks. Ele andou falando (mal, diga-se de passagem) da Internet. Advertiu sobre a ameaça que ela implica para a humanidade, assegurando que é "maior que a da Guerra Fria", em referência ao temor de uma destruição massiva com armas nucleares. 

Assange participou de uma video-conferência na Faculdade de Psicologia da Universidade da República, em Montividéo, Uruguai na qual lançou seu novo livro "Criptopunks”.

O 'hacker' australiano advertiu que "a Internet é a maior ameaça à civilização humana que já existi u",  segundo se lê no portal uruguaio do El Observador.

Se fosse no Paraguai, eu diria que foi fumo ruim... 

Um comentário:

Anônimo disse...

A ameaça já virou agressão. Já acontece, mas é na forma de empresas milionárias investigando a vida das pessoas. O Facebook coleta informações sobre os hábitos de quem o utiliza e vende a anunciantes.
As pessoas, coitadas, continuam a usar essa rede espiã, tudo em nome do "entretenimento". Para as empresas, dados valiosíssimos.