terça-feira, 14 de agosto de 2018

TV. Fim do Esporte Interativo ameaça transmissão de jogo

O fim do Esporte Interativo como emissora de TV deixa em aberto a transmissão de uma das partidas da seleção brasileira, diante de Ilhas Virgens, dia 16 de setembro, que deverá acontecer em Goiânia (GO), válida pela segunda fase das eliminatórias das Américas.

FOLHA DE SP

O encerramento das atividades dos canais Esporte Interativo, anunciado no dia 9 de agosto, deverá ampliar o apagão de transmissões ao vivo de modalidades olímpicas nas emissoras de televisão do Brasil. 
Integrante do Grupo Turner, o Esporte Interativo tem os direitos de transmissão dos eventos da Fiba (Federação Internacional de Basquete). A emissora já vinha exibindo as eliminatórias da Copa do Mundo masculina, que acontecerá na China, em 2019.
Em fevereiro de 2017, o canal anunciou um acordo de cinco anos para transmitir os principais torneios da entidade, como as Copa do Mundo, eliminatórias da Copa do Mundo, Copas Américas e torneios pré-olímpicos.
O fim do Esporte Interativo como emissora de TV deixa em aberto a transmissão de uma das partidas da seleção brasileira, diante de Ilhas Virgens, dia 16 de setembro, que deverá acontecer em Goiânia (GO), válida pela segunda fase das eliminatórias das Américas. Não haverá também a exibição do Mundial feminino, que não terá a participação do Brasil e será realizado em Tenerife (ESP), em setembro.
Ao contrário do que fez em relação aos direitos de transmissão da Liga dos Campeões e do Campeonato Brasileiro 2019, a direção do Esporte Interativo ainda não sabe como serão exibidas as competições da Fiba daqui para frente.

Um comentário:

Giuliano Villa Nova disse...

Um jogo imperdível (sqn) - seja em que plataforma for...