terça-feira, 8 de agosto de 2017

TEVÊ. "A Vila" não convence e Paulo Gustavo se repete

Para quem esperou ansiosamente pela novidade (tão anunciada pela MSW), decepção. A "Vila" do ator Paulo Gustavo não convenceu. O ator mudou apenas a peruca. Da personagem de "Minha mãe é uma peça" passou para uma peruca loura de um ex-palhaço cujo circo, provavelmente, foi à falência à falta de maior convencimento como humorista. Paulo é tão chato quanto na atuação do "Vai que Cola", onde vive nervosamente um personagem com raiva de todo mundo e que parece estar em dia de bode. Nunca se viu um ator tão insosso e tão raivoso com tudo como o que ele encarna em seus (ou seu único?) personagem. A única coisa que salva o novo humorístico é a parte do elenco que serve de escada para o ator - formado por Monique Alfradique, Katiuscia Canoro, Zezeh Barbosa, Ataíde Arcoverde, Teuda Bara, Lucas Salles, Gil Coelho e Aldo Perrota - além, claro, do cenário. Esse sim, muito bem bolado. 

Nenhum comentário: