segunda-feira, 3 de outubro de 2016

ELEIÇÕES. Nomes da mídia amargaram derrota nas urnas

As eleições em Fortaleza contaram com muitos candidatos ligados a área da mídia. No entanto, apenas Evaldo Costa, filiado ao PRB, conseguiu se eleger para a Câmara Municipal. A grande maioria, dançou. 

Interessados em pegar carona no sucesso que teve Paulo Diógenes, nas eleições de 2012 - inclusive, nem ele se reelegeu -, os candidatos nessas eleições poucas chances tiveram de divulgação no rádio e na TV e, alguns, amargaram a perda de emprego já que tiveram que deixar o batente para assumir o risco das eleições.  

O humorista Aluísio Júnior, que largou o programa da Jangadeiro, teve uma votação pífia, menos de 1.500 votos. A ex-vereadora Déborah Soft foi outro nome que não vingou. O cantor Braguinha teve apenas 300 votos. O radialista Almino Menezes, 278. Gomes Farias, Ibernon Monteiro e Irismar França dançaram. Não conseguiram se eleger, também, a radialista Regininha, Oliveira Martins e outros que não atingiram nem mesmo a 10 votos. 

Nenhum comentário: