quarta-feira, 26 de outubro de 2016

DEU NO JORNAL. Globo abre guerra contra o jabá

Foi aberta uma guerra na TV Globo contra o chamado ‘jabá’, que nada mais é do que propina paga por empresários de cantores e grupos musicais a produtores de programas de auditório para serem convidados a participarem dessas atrações da Globo. Dois produtores já foram demitidos e outro já foi avisado que seu contrato não será renovado.
Tudo começou com uma denúncia de um empresário que revelou ter recebido um pedido de uma viagem internacional de um produtor. Um outro profissional recebia, mensalmente, R$ 8 mil de um outro escritório para dar uma ‘forcinha’ nos artistas de tal empresa. Marcel Klein, chefe do departamento de gerência musical da Globo, é o responsável pela varredura nos programas. A limpa já atingiu o ‘Encontro com Fátima Bernardes’, o ‘É de Casa’, ‘Caldeirão do Huck’ e ‘Vídeo Show’. Há quem garanta que ‘Domingão do Faustão’ e ‘Altas Horas’ já estejam livres dos jabazeiros.
O próximo alvo da TV Globo agora são os produtores musicais da novelas, que também são acusados de receberem propina para incluírem músicas nas trilhas sonoras. Procurada pela coluna, a Central Globo de Comunicação emitiu a seguinte nota: “A Globo está continuamente aperfeiçoando e atualizando seus processos e profissionais”.
Coluna do Léo Dias

Um comentário:

Anônimo disse...

Vai valer também aqui na Globo de Fortaleza ou não ?