quinta-feira, 23 de junho de 2016

FRAUDE. O Ceará é investigado por causa da máfia de shows

Sabe aqueles shows públicos com cantores famosos recebendo cachês fabulosos? Pois eles estão na mira da Polícia. E, acreditem, o Ceará está entre os Estados onde Polícia Federal, Receita e o Ministério Público investigam o que o colunista Ricardo Feltrin, do UOL, chama de "máfia" dedicada a fraudar a compra e venda de shows públicos de grandes artistas. 





Segundo levantamento, o volume de dinheiro obtido por meio de fraude na contratação, superfaturamento de cachês ou infraestrutura pode passar de R$ 100 milhões apenas nos últimos três anos. 

Os escritórios e suspeitos investigados pela força-tarefa estão atualmente localizados em São Paulo, Rio, Fortaleza, Recife, Manaus, Salvador, Belém, Natal e Teresina.

Nenhum comentário: