segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

RÁDIO. Radialistas e jornalistas em greve nesta segunda

Os jornalistas da Rádio Tupi e do Jornal do Commercio decidiram em assembleia unitária com as demais categorias que atuam nos Diários Associados, entrar em greve por tempo indeterminado até que a empresa pague os salários atrasados de todos os funcionários, inclusive o 13º, restabeleça o plano de saúde e os depósitos de FGTS e INSS. A paralisação está marcada para começar hoje.

Além dos atrasos salariais recorrentes, os trabalhadores dos Diários Associados no Rio ainda não receberam o 13º salário, estão com o plano de saúde suspenso e sem o depósito regular de FGTS e INSS, obrigatório por lei. Os funcionários enfrentam ainda más condições de trabalho e assédio moral nas redações.

Os trabalhadores resolveram dar um basta às irregularidades e ao desrespeito cometido pela empresa. Em janeiro, os jornalistas do Jornal do Commercio iniciaram mobilizações em favor do pagamento dos salários e do cumprimento dos direitos e aprovaram estado de greve. Foram realizadas paralisações durante o expediente para alertar a diretoria sobre a insatisfação dos funcionários.
As promessas da direção dos Diários Associados, porém, não foram cumpridas e o caldo entornou. Na semana passada, os jornalistas aprovaram a unificação da luta com os demais trabalhadores da empresa para a articulação da greve até que seja tudo seja pago e regularizado.

(Com informação de Raimundo Moura e Sindicato do Rio)


Nenhum comentário: