quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

MÚSICA. O cantor Cauby Peixoto chega hoje aos 85 anos

Cauby Peixoto chega hoje aos 85 anos de idade. Figura incrível da Música Popular Brasileira, sempre viveu cercado de mitos e lendas criados, a maioria das vezes, por seus produtores no intuito de manter o seu nome em voga. Claro, que tem uma voz excelente - muito embora eu considere datada, muito impostada e cheia de vibrato -, mas de um reconhecimento total pelo sucesso que fez. 

Nos anos 50, ele fez carreira nos EUA com o nome de Ron Coby, isso porque o diretor do filme "Jamboree", no qual atua cantando 'Toreador', insistiram em que ele devia mudar o nome porque teria mais apelos aos gringos do que com um nome latino. Em outra temporada, ele chegou a usar outro pseudônimo: Coby Dijon, de onde extraímos a gravação do vídeo abaixo. 



Em cenário mexicano, Cauby aparece cantando e é citado pelos críticos como uma espécie de Desi Arnaz, o cantor cubano que fez muito sucesso na série "I Love Lucy". 

Os relatos da época no Brasil falam do sucesso que manteve em seus encontros com Nat King Cole, Frank Sinatra, Louis Armstrong, mas nos EUA o que se lê ainda hoje é algo surpreendente.

"Ele empresta variedade ao programa (Jamboree), mas nunca pegou na América do Norte e não há evidêcia nesse desempenho que ele tenha tido a grande chance. Em sua terra natal, o Brasil, ele tem carreira que dura até o presente", está escrito na peça que lembra o filme do diretor Roy Lockwood. 


Nenhum comentário: