domingo, 29 de novembro de 2015

RÁDIO. Mundo discute 'jogar fora' aparelhos antigos de rádio


Enquanto no Brasil se discute a migração do rádio AM para a faixa FM, na Europa a questão é outra. As empresas de rádios comerciais da Grã-Bretanha, já algum tempo, fazem 'lobby' para que os sinais AM e FM sejam desligados, forçando os ouvintes a entrarem em sintonia apenas através de aparelhos de rádio digitais ou pela Internet. 

A medida, no entanto, suscita um debate sobre se os ouvintes deveriam ser obrigados a jogar fora seus rádios antigos e atualizar-se para uma tecnologia que muitos vêem como desnecessária. Seria algo que já acontece com a televisão quando se deu a migração do sinal analógico para o digital. 

Aparelhos de rádio digitais permitem que os usuários recebam notícias e alertas de tráfego em forma de texto através de uma tela embutida. Hoje em dia, emissoras do segmento jornalismo já utilizam mecanismos como o whatsApp, para receber mensagens de seus ouvintes.  

Em última análise, os transmissores das emissoras serão capazes de enviar imagens junto com o som, além do que os ouvintes seriam capazes de comprar ou baixar programas de músicas através das ondas. A transição analógico-digital, segundo especialistas da indústria, significa o futuro do rádio.

Nenhum comentário: