quinta-feira, 21 de agosto de 2014

ELES SÃO 2014. O preço que se paga por uma aventura


Nem tudo o que reluz é ouro. O dito é velho, mas sempre convincente. Agora que a campanha política começou no rádio e na tv, e que muitos profissionais da mídia se integraram ao trabalho de alguns comitês, é que se sabe que 'a fortuna' anunciada por alguns deles, na verdade, não é lá tão acachapante quanto eles próprios anunciaram. 

Os 'convidados', segundo estou informado, é que andaram inflacionando, por conta própria, o cachê que diziam ir ganhar trabalhando para o candidato tal. 

Alguém me contou que o contrato, não chega nem a metade do que foi propalado por esses profissionais. Claro, que isso se refere a jornalistas de primeiro embarque nesse navio, porque os nomes expressivamente consagrados, 'os profissionais de ouro', esses negociaram realmente o valor da mudança. E, evidentemente, por um bom preço.  

Fonte que age no meio contava numa mesa de bar, como alguns tiveram o ego inflacionado, e fecharam muito mais na expectativa de um futuro gancho do que aumentar a conta bancária. 

Nenhum comentário: