quarta-feira, 30 de maio de 2012

AGRESSÃO. Maísa agredida pelos grevistas

.
Tomo conhecimento da agressão sofrida pela jornalista e apresentadora Maísa Vasconcelos pelos manifestantes da construção civil. Ela gravava vídeo da passeata dos trabalhadores quando um deles a agrediu. 

 Ela explicou à reportagem de O Povo: “Tentou tomar meu celular e me atingiu com um capacete. Trabalhadores sérios perdem com uma ação estúpida dessas”, disse. Ela disse que tinha a intenção de postar o vídeo para alertar motoristas sobre o trânsito nas áreas por onde acontecia a passeata.

4 comentários:

Flavio disse...

Seu Nonato, infelizmente a Maiza não foi a primeira, mas espero que seja uma das últimas, é triste a forma que esses grupos "políticos" usam o povo as vezes enganado, para tirar proveito das situações, se transformaram em elites proletárias, só deste o tiro foi no pé.

Ismael Luiz disse...

Tenho pena dessa pobre gente,manipulada por uma meia dúzia de pseudos sindicalistas e seus interesses politiqueiros.Estarrece-me a nota do sindicato da categoria,procurando isentar-se das responsabilidades.Mais impressionado ainda,fico com a lentidão das autoridades para coibir manifestações,que nada têm de legais,apenas badernando e tumultuando a vida da cidade.

Anônimo disse...

Porque quando o movimento grevista sério do sindicato dos jornalistas vai fazer manifestações no Sistema Verdes Mares eles nunca dão uma notinha de 10 segundos?

ESCOLA AMBIENTAL APRENDIZES DA NATUREZA disse...

não quero polemizar, mas estas reações não são tão fortes quando os trabalhadores são agredidos. Não podemos concordar com a violência, mas não se pode fazer cavalo de batalha em relação a certas coisas.... Nossa sociedade está sim doente, mas o problema é mais embaixo, alguns criticam apenas o ato de trabalhadores mal conduzidos... E a intransigência dos patrões? Ninguém questiona, hoje alguns radialistas bem pagos diante da pobreza dos outros chamaram trabalhadores que estão reivindicando seus direitos de marginais, não é por aí... já muitos que defendiam patrões a ferro e fogo e depois que perderam o emprego passaram a criticar...PROFDJACYR