sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Lista telefônica. Um fóssil vivo da atualidade


Achei muito interessante a citação feita pelo blogueiro Miguel Esquirol Ríos, lá de La Paz, ao indicar a lista telefônica como um 'fóssil vivo' que existe na pós-modernidade ao lado dos computadores e das redes mundiais, das conexões wifi e dos celulares.

Hoje em dia quase não se vê mais empresas registrando endereços e números telefônicos residenciais e se alguma lista comercial ainda existe, eu juro que nunca mais vi.

A primeira lista telefônica que se tem notícia era constituída de uma única página com exatos 50 números. Chegou-se ao ponto de cidades disporem de listas que pesavam mais de dois quilos de papel de qualidade nem sempre de primeira, com a letra bem pequenininha e dificil de se ler.

No YellowPagesGoesGreen, por exemplo, fica-se sabendo que só nos EUA são editadas, por ano, 540 milhões de páginas amarelas.

Nenhum comentário: