terça-feira, 2 de julho de 2019

TELEVISÃO. A escolinha do professor Alan na TV Ceará


Histriônico, já se sabia que era. Nos últimos tempos, porém, o "Trem Bala" da TV-Ceará, incorporou à sua versão de programa de esportes uma face predominantemente de humor. Nela, os participantes atendem ao comando de um mestre, Alan Neto, que fez escola no rádio e na TV leva cada um dos seus alunos a caracterizar um tipo que atenda às exigências do púbico. 

Na escolinha do professor Alan, o septuagenário mestre encarna o tipo já definido ao longo de sua passagem pelo rádio. Isso vem dos tempos da antiga Rádio Iracema da praça José de Alencar e que foi transportada aos dias de hoje pelas "ondas sonoras" (para usar uma expressão que cola na linha do programa) da Povo-CBN. 

Cada 'aluno' embarcado nesse humorado 'trem', segue as lições de seu semestre. Ele exibe os gestos acentuadamente marcantes, somado ao espírito de comicidade com que alguns alunos se safam. Vavá Maravilha é o maior exemplo. Ele, praticamente, chega a roubar o protagonismo do programa na sua caracterização de "o homem maaaaau". Um papel, diga-se de passagem, bem longe da bonomia que cerca a sua distinta pessoa. 

Ver o 'Trem Bala' - "não pára, não pára, não pára; nem a pau nem a bala" -, foi um auspicioso reencontro, quando se pode confe(rir) a forma do fazer programa esportivo na tevê, com uma pitada da assinatura personalizada do Alan e numa versão extrovertida e bufônica que nos remete ao espírito chicoanisiano da sua original escola. 

Nenhum comentário: