quarta-feira, 5 de junho de 2019

DEU NO JORNAL Esquema de corrupção em show no Crato

coluna do jornalista Flávio Ricco, citando o Jornal do Cariri como fonte, conta hoje que o Ministério Público do Ceará decidiu denunciar empresas e ex-secretários municipais , no Ceará, por suspeita de sonegação de impostos e crime contra a administração pública. A ação envolve um esquema de corrupção e show-evento realizado em 2016 na Expo-Crato, na região do Cariri cearense. 



A informação foi publicada na edição de hoje no "Jornal do Cariri". O esquema teria ocorrido em 2016 na feira Expocrato, no Crato (CE). Trata-se do maior evento agropecuário do Nordeste. 

Segundo a peça do MP, há indícios de que a prefeitura teria recolhido impostos abaixo dos valores movimentados de fato na feira, graças a um suposto esquema de corrupção envolvendo empresários e ex-servidores. As denunciadas são empresas RBA Promoções e Luan Promoções. Esta última tem infra-estrutura de eventos e agencia estrelas como Wesley Safadão, Magníficos, Geraldinho Lins e também Gabriel Diniz, que morreu na semana passada, entre outros artistas.
 
Nenhum artista é citado na denúncia, apenas a empresa. Uma das suspeitas levantadas pela promotoria é que o parque que abrigou a Expocrato, por exemplo, tinha capacidade para até 40 mil pessoas por dia. E que, apesar de ter passado de 100 mil visitantes em apenas três dias (sexta, sábado e domingo), os organizadores informaram à prefeitura que apenas 50 mil ingressos foram emitidos nos oito dias de shows e eventos e shows para municípios. Um artista que foi vítima desse esquema foi Zeca Pagodinho. 

O fato ocorreu em 2008. Zeca teve um show super-faturado pela "máfia dos shows", sem seu conhecimento. A despeito de ter apresentado todos os documentos e recibos provando que recolheu todos os impostos, acabou sendo investigado pela força-tarefa. 

O cantor e compositor foi inocentado de qualquer acusação. Na ocasião, ele disse à coluna que se sentia "perplexo" por ter sido investigado.

Nenhum comentário: