quarta-feira, 20 de março de 2019

TV. Repórter transmite drama do Crato com emoção à vista


Sensibilidade é algo natural na alma humana. Conceituou-se dizer que repórter precisa ter sangue frio para certas situações a fim de transmitir o recado sem se impactar com o fato. Mentira, ninguém deve perder a sensibilidade, desde que não venha exagerar. Não se pode é ser piegas. O repórter Isaac Macedo, da Verdes Mares Cariri, soube nos transmitir isso, ao narrar de forma correta na edição de ontem do "Bom Dia, CE, uma situação de transtorno vivida por famílias ribeirinhas do Crato, que precisaram dormir ao relento por conta da tromba dágua que desabou sobre a cidade.

A certa altura do "ao vivo", ele precisou segurar a emoção e chegou a citar isso demonstrando o lado sensível de todo mundo diante de uma situação daquelas. A forte emotividade de seu relato transpôs a tela e atingiu, certamente, o telespectador em seu ponto máximo de sensibilidade revelando o fator emoção, imprescindível em quem conta uma história. 

Nenhum comentário: