sábado, 12 de janeiro de 2019

RÁDIO. O formato "rádio news" já lidera a preferência

O "rádio-news", formato de emissoras que adotam o jornalismo como segmento, tem crescido muito e pesquisas demonstram o interesse maior do ouvinte por esse tipo de serviço. Pelo menos nos EUA, onde o mercado do rádio mostra que os "News/Talk" seguem na liderança da audiência. A mesma coisa já acontece no Brasil. 




Segundo o estudo, o News/Talk (Jornalismo) permaneceu na liderança no consumo anual, rendo uma participação de 10% no mercado, contra 9,9% em 2017. Já o Adulto-contemporâneo (AC) apresentou a maior variação, indo de 7,7% em 2017 para 8,0% no ano passado. Os dois formatos lideram a preferência dos ouvintes norte-americanos (faixa etária 6+).
Detalhe: o estudo da Nielsen chama a atenção para o interesse crescente em jornalismo no rádio, com o crescente interesse do público por notícias (e política), este que permanece forte desde a última eleição presidencial (ocorrida em 2016 nos Estados Unidos). A Nielsen destaca que, fatos como nomeações da Suprema Corte, desastres naturais, análises de mídia social e ampliação dos debates culturais impulsionaram esse formato.
E o rádio musical também continua forte por lá, principalmente no formato adulto-contemporâneo. Segue a tradição de várias emissoras desse perfil alterarem a programação musical para o período natalino, o que confere um avanço muito considerável na participação dessas FMs no mercado. Já para formatos mais jovens, a temporada de verão costuma ser importante.
A Nielsen aponta também elevações nas participações dos formatos Classic HIts (de 5,3% para 5,6% em 2018) e "All Sports" (apenas esportes), que foi de 4,3% para 4,4%.
No geral, o ranking anual dos formatos em 2018 foram: News/Talk (10%), Adult-Contemporary (8%), Country (7,3%), Pop CHR (6,9%), Classic Hits (5,6%), HOT AC (5,5%), Classic Rock (4,9%), Urban AC (4,8%), All Sports (4,4%) e Urban Contemporary (3,6%). Veja abaixo a divisão por faixa etária.

Com dados do TUDORÁDIO

Nenhum comentário: