terça-feira, 31 de janeiro de 2017

RÁDIO. Mais uma emissora que encerra atividades


Compilado da postagem do jornalista Jack de Carvalho

RÁDIO. Lara Veras termina estágio e deixa testemunho


Lara Veras é mais um desses exemplos de estudante que passa pelo fogo da paixão do Jornalismo como estagiária competente. E ao encerrar seu período na Tribuna Band News, deixa um testemunho de alma de bom caráter, como sempre demonstrou ser. Vai deixar saudades, mas as esquinas do mundo permitem que a gente se encontre por aí. O texto publicado nas redes sociais: 

Eu achava que ia me sentir jornalista mesmo quando recebesse o diploma (só faltam 5 meses pra isso), mas aí tive o privilégio de iniciar, há dois anos, o estágio na Tribuna BandNews FM e, hoje, entendo que o certificado da graduação é "apenas" o que atesta que terei concluído o nível superior. Digo "apenas" porque é somente sendo jornalista, todos os dias, que a profissão "entra na veia". E eu atestei essa compatibilidade antes de me formar, veja que maravilha! Aprendi o hard news, a trabalhar minha voz; vivi a rotina de uma redação que informa, 24h por dia. Coloquei em prática as teorias que ouvi na faculdade, me emocionei com tantas pautas, precisei ter sangue no olho para tantas outras, entrei ao vivo, convivi com jornalistas que vão estar pra sempre guardados no coração com a minha mais alta estima. Eu tive certeza que a paixão por essa profissão não era só a romantização de um pensamento estudantil. Eu amadureci um pouco, antes mesmo de terminar o curso. Hoje se encerra minha passagem pela rádio que selou o amor que tenho pelo jornalismo. São tantos detalhes, tão importantes, que muitos sequer fazem ideia da grandiosidade da oportunidade que tive. Minha família, meus amigos, meus professores disseram "eu te ouvi na rádio"; que satisfação! Eu atendi telefonemas de ouvintes que me reconheceram pela voz: "é a Lara Veras?". Eu fui parabenizada por matérias bem feitas. Eu editei, diariamente, o áudio com o texto que escrevi, os das entrevistas que fiz e montei matérias a serem veiculadas. Saio da Tribuna BandNews FM sedenta por continuar sendo jornalista, ainda mais apaixonada pelo que escolhi pra fazer a vida inteira. Sem dúvidas, fui iluminada por ter feito parte dessa equipe. Entre dificuldades e desencantos, que muitos colegas podem relatar (nós sabemos a dor e a delícia de sermos jornalistas), eu caí de afinidades por esse ofício. Sou muito, muito grata por cada um da TBN que me ajudou a aprender esse bê-a-bá, eu adoro falar sobre o profissionalismo e a competência de vocês! Tudo foi sensacional! Obrigada, sempre!#erasóissomesmo #rádioéassim#eusósentifaltadeumacoisa #TribunaBandNewsFM#em20minutostudopodemudar #hardnews#radiojornalismo #jornalismoporamor

RÁDIO. Estreia amanhã Conjunturas na Tribuna BandNews

A partir de amanhã, três políticos, de partidos e ideias divergentes, encontrar-se-ão num debate às segundas, quartas e sextas feiras na Tribuna Band News FM 101,7. Trata-se do quadro "Conjunturas", discutindo os assuntos da atualidade de Fortaleza, do Ceará e do Brasil. 

Carlos Matos, do PSDB, cabo Sabino, do PR e Guilherme Sampaio, do PT, vão discutir temas escolhidos por eles mesmos, na hora em que se encontrarem no "Primeira Edição". O programa, que apresento na Tribuna, vai ao sempre depois das 8 da manhã, após o horário do Ricardo Boecha. 

HUMORISMO. Só de H tem seu dia de gozar Gente na TV

Eles são os comediantes que vivem fazendo humor a toda hora. Mesmo fora do vídeo. E, quando montam seus personagens para entrar em cena, sai da frente que tem gozação vindo. Riem até dos colegas. Depois de parodiar "Must' com o monte de 'Bust', encalacraram agora para gozar Fagata, Fernanda e Lorrane, o trio do "Gente na TV" da mesma emissora onde atuam. 

Ricardo Diamante fernandaliza. Alex fagatiza. Mas ninguém como Jáderson para montar tão bem a querida Lorrane Cabral e suas curvas. 

As imagens estão aqui de primeira mão e já abrem um sorriso, avalie quando forem ao ar.

Ricardo Diamante é Fernanda, Alex é o Fagata, mas Jaderson está impagável como a loura Lorrane Cabral



O músico Ricardo Diamante assumiu de vez sua porção Fernanda, a co-apresentadora do Gente na TV

TV. O Povo cortou programas por questões econômicas


segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

TV. A emissora do Povo cancela programas da produção local

O telespectador que sintonizou a TV O Povo, nesta segunda feira, se surpreendeu com a ausência de alguns programas da produção local da emissora. Segundo fontes, por enquanto, permanecem apenas o Jogo Político e o Judiciário em Evidência, e a grade passa a ser ocupada pela TV Cultura de SP. 

O mais surpreendente foi o esportivo ''Trem Bala", do jornalista Alan Neto, também entrar na lista de cortes, sem que a emissora tenha dado nenhuma explicação ao público. 

Torcida para que essa decisão seja temporária e voltem os programas da tv de conteúdo do Grupo O Povo para atender ao seu público. 

MUSICA. Um mapa mundi sobre as músicas mais ouvidas


Um blog para revelar o que está se tocando e ouvindo no mundo em termos de Música. É o destaque do mapa interativo que Spotify acaba de apresentar , com o qual pretende revelar gostos musicais e radiografar milhões de pessoas que vivem ao redor do mundo e que utilizam a plataforma diariamente.
O projeto, permite um mapa as diferentes nações do mundo a levantar-se a quatro tipos de tendências musicais, a saber:
música viral: as peças que compartilham usuários.
música inconfundível: que outros países que jogam lá, e caracteristicamente desproporcional em relação
música pop: as músicas começam a ter força nos rankings de Spotify
música popular: a mais reproduzida de qualquer dispositivo
O mapa original que mostra o potencial oferecido pelo o Big Data é atualizado semanalmente e pode ser incorporado em qualquer web através de um código. A uma curta caminhada através dele serve para compreender que a música é uma linguagem universal, e um mais variantes do que qualquer outro.

TV Dois nomes do jovem jornalismo são exemplo de talento



Dois jovens nomes do telejornalismo cearense são destaque nas manhãs da TV Verdes Mares. Falo de Halisson Ferreira e Evelyn Ferreira, egressos do saudoso Câmera 12, da TV Jangadeiro. A naturalidade com que eles enfrentam a câmera e o discernimento de 'timing' da televisão, predispõem a que sejam as melhores revelações dessa geração.   

domingo, 29 de janeiro de 2017

FOTOGRAFIA. As lembranças que uma imagem me traz


A igreja da foto é a mesma onde aprendi a ter fé. Fica em Acopiara, onde nasci. Dela tenho lembranças admiráveis. Do catecismo aos domingos nos batentes da lateral. Uma imagem em tamanho natural do Cristo na cruz, fazia eu menino meditar sobre aquele sacrifício. A igreja me traz outras recordações.

A torre e a escada serpenteada que levava para o coro, onde um órgão antigo sonorizava os cânticos das filhas de Maria - Margarida do Pedro Damião, madrinha Cecília, Otília -; vozes que entoavam o 'Tantum Ergum sacramento, venerendo..." e enchiam o ar de nostálgicas lembranças do que fui.  

Tenho quase certeza de que em vida anterior, tive ligações muito fortes com a Igreja Católica. Desde pequeno sonho com ambientes clericais: mosteiros, religiosos, imagens... E uma igreja que eu nunca visitei mas sei onde se situa me é tão familiar que, nos desprendimentos noturnos, eu já a visito com naturalidade.  

Em Acopiara, as festas de janeiro dedicadas a São Sebastião me trazem lembranças de procissões; filhas de maria todas de branco, os vicentinos - meu avô Paulo, à frente conduzindo o estandarte dos irmãos do Santíssimo. E o cheiro de velas preenchendo o ar, enquanto no altar-mor, padres João Antonio e Crizares (ainda vivo), celebravam em latim os ritos da paixão. 


A matriz de Nossa Senhoa do Perpétuo Socorro tinha uma painel pintado por filhos da cidade - de belíssimo encanto! - e que, segundo soube, teria sido coberto com uma mão de tinta, porque um religioso que passou por lá achou inconvenientes imagens de anjinhos com os pintos de fora. 


Há dois anos, passei por lá - no domingo de ramos - e vi crianças e jovens encenando essa festa em meio á celebração dominical. No meio daquela meninada toda, eu vi um garoto de calças curtas, óculos e olhar enlevado pelo mistério da fé que, ainda hoje, me acompanha em minha nova denominação reliigiosa.

BLOG. Há seis anos, Eliomar quebrava um tabu em seu diário


BLOG. O dia em que apuramos uma manchete do Povo




(Compilado do Twitter Brazilians)

MARKETING. Gringo não perdoa e considera Trump do mal



Protestos de mulheres em todo o mundo. Receio dos negros sobre a política a ser aplicada. Riscos dos latinos serem deportados O muro do México. Proibição de pessoas do islã entrarem nos Estados Unidos. Em menos de uma semana, Trump já virou peça do mal até nas camisetas nos EUA. 

VIDEO. Victor Hannover mostra 'Faces' sobre arte de Maiara

O repórter Victor Hannover está divulgando em seu blog um vídeo produzido pela sua produtora iMovie, sobre a mostra da artista plástica Maiara Capistrano. Realizado integralmente por ele, o trabalho tem a Bruna Maia como entrevistadora de Maiara, que mostrou seus trabalhos na galeria de arte do Ministério da Fazenda.  

NOMES. Fãs lamentam morte de Russo ignorada pela Globo

Após 46 anos como assistente de palco dos principais programas da Rede Globo, Russo faleceu neste sábado. Com 85 anos, o ator teve um AVC em 2015 e de lá pra cá as complicações com sua saúde aumentaram. Na ocasião, após ter saído da Globo, o contrarregra chegou a fazer um desabafo na web por ter sido "esquicido" pela emissora nas homenagens pelos 50 anos da TV.
Hoje, mais uma vez Russo foi deixado de lado. O Jornal Nacional ignorou a morte do ex-assistente e foi imensamente criticado por internautas, como informa o UOL.

"A Globo fala da morte do John Hurt, mas não fala do Russo", afirmou um internauta.
"Estou decepcionada! Cadê a homenagem ao Russo ex-assistente de palco , que faleceu hoje?", disse outro.
Russo passou pelos palcos dos programas da Xuxa, Faustão, Luciano Huck, entre outros. Em seu "protesto" por ter sido esquecido, ele chegou a afirmar que não podia nem mais entrar no Projac, sua "casa" por muitos anos.
"Agora só com autorização. Não posso mais entrar lá, meu crachá foi cancelado. Passo mal quando chego na portaria e tento passar meu crachá na roleta e não consigo entrar porque me proibiram. Vou para um canto e desabafo comigo mesmo. E me perguntam: 'Russo, por que você está chorando aí?'. E digo que é porque não posso mais ver meus colegas e os estúdios. Meu coração fica triste. Gosto muito de trabalhar. Não gosto de ficar parado", disse na época.

(Notícias ao Minuto)

NUMISMÁTICA. O dinheiro nosso através dos tempos