quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

NOMES. Morre em Fortaleza o professor Carlos d´Alge,


Ao lado de Themístocles de Castro e Silva e Adísia Sá, Carlos d´Alge (no centro) foi mediador do Debates do Povo 

Vítima de complicações do Alzheimer, morreu, nessa noite de quarta-feira, em Fortaleza, o escritor e professor universitário aposentado Carlos Neves d’Alge (87). O velório acontecerá a partir das 8h30min, na Funerária Ternura, onde, às 15 horas, será celebrada a missa de corpo presente.
O enterro, segundo familiares, ocorrerá às 16h30min, no Cemitério Parque da Paz.
Carlos d’Alge, de origem portuguesa, vivia no Brasil desde os seis anos de idade. Era também membro da Academia Cearense de Letras. Autor de 12 livros editados. Seus contos apareceram em jornais, revistas e antologias, como O Talento Cearense em Contos, com a narrativa Breve Ensaio Sobre a Solidão, e no volume A Mulher de Passagem, de 1993.
Ficou conhecido não apenas no campo da literatura. Carlso d’Alge foi ainda apresentador e mediador do programa Debates do POVO, na antiga Rádio AM do POVO, hoje Rádio O POVO/CBN. Comandava a atração de maior audiência no rádio fortalezense nos anos de 1980, que contava com os comentários dos jornalistas Adísia Sá, Francisco Auto Filho e Themístocles de Castro e Silva (este já falecido).
(Blog do Eliomar)

Um comentário:

Francisco Lira disse...

Ao lado também do Dorian Sampaio. Parece que estou vendo a briga dos três. Adisia Temístocles e Dorian. E o Carlos dalge mediando. Tempos outros. Saudades. E tinha um comunicador a tarde que sorteava discos pra quem respondesse a pergunta do dia.