quarta-feira, 20 de setembro de 2017

RÁDIO. As boas vozes que o rádio cearense tem ganho


Não é por serem companheiras de trabalho no mesmo prefixo que o meu que faço o registro, mas é visível hoje em dia a presença feminina no rádio cearense. As mulheres que adotaram esse veículo como forma de trabalho se revelam mais completas, bem informadas e com maior traquejo para a roda-viva que o segmento jornalismo comporta. 

Lara Veras, Juliana Marques e Daniella de Lavor, por exemplo, são as vozes da tarde na Tribuna Band News FM que, pela sua atuação, impõem ao veículo rádio o respeito e a qualidade exigíveis nos dias atuais. Outros nomes de mulheres em outras emissoras, certamente, fazem valer essa afirmação. Mas, por enquanto, saudar a essas profissionais do jornalismo que servem de modelo para esses novos tempos do rádio.

Um comentário:

Jeferson Cesar disse...

Nonato,é lamentável o que vem acontecendo no nosso rádio.Primeiro a Rádio Clube que está sem programação local,agora é a Cidade AM que ainda não se arrumou depois das mudanças que lá fizeram.Têm Horários que viraram simplesmente um vitrolão,só tocando música e sem locução.O Nosso rádio vive o mais do mesmo,os dirigentes das rádios apostam no mais do mesmo,não inovam.Têm FM que faz as mesmas promoções há 10,15 anos.E as outras a copiam descaradamente.Quando uma emissora lança algo novo,as outras vão lá e copiam.Exemplo é a católica Dom Bosco que há uns 10 anos atrás começou a ser segundo lugar no ibope e crescer com o Padre Reginaldo Manzotti. Pouco tempo depois,as outras começaram a copiar trazendo padres para as suas grades diárias.É lamentável que o nosso rádio cearense esteja caminhando para o seu triste fim.