sábado, 22 de julho de 2017

RÁDIO. Clima tenso em ambiente interno de emissora

A semana que passou foi marcada por um climão nada agradável nos corredores da FM 93. O radialista Tony Nunes chegou a se desentender com um funcionário que tem cargo de chefia e que o substituiu nas férias. 

Ao retornar ao batente no dia 18 foi surpreendido com o horário ocupado pelo colega Vagner Venturini, sem que ele tivesse sido informado nada sobre a substituição. Chateado, Nunes considerou uma injustiça e foi tomar as dores com a pessoa de nome Kaká, através de mensagem no zap. Foi o bastante para que Kaká levasse o caso ao conhecimento da direção por considerar que o radialista o ofendera
  
Fontes internas da emissora revelam que o relacionamento com Kaká é difícil e que o clima na  emissora é bastante tenso - em meio a preocupão com os números da audiência "que são desanimadores". Outros colegas se mostram solidários ao Tony Nunes pelo que consideram desrespeito ao profissional. 

Nenhum comentário: