quarta-feira, 5 de abril de 2017

JORNAIS. O "Norte" deixa de existir por causa da violência

Um jornal deixar de existir por conta da crise do impresso, seria até compreensível; mas o que dizer do "El Norte", da cidade de Juarez, no México que se despede do leitor - vai deixar de existir - por conta da violência contra os seus jornalistas? É algo completamente absurdo. Mas é o que está acontecendo mostrando que o crime organizado (ou não) vem dificultando a vida dos profissionais que atuam nas redações. 

FALANDO NISSO 

Eduardo Tessler escreveu no Mídia Mundo: 

Norte (Ciudad Juarez, México) anunciou domingo que não circula mais pela absoluta incapacidade de garantir a vida de seus repórteres. Nada menos que 38 jornalistas foram assassinados no México nos últimos 25 anos.

Há outros jornais que deixam de circular por falta de leitores e de anunciantes - muitas vezes motivadas pela incompetência administrativa.

Quinta-feira, dia 06, um grande jornal brasileiro vai anunciar oficialmente que deixa de circular sua edição impressa.

Nenhum comentário: