quinta-feira, 23 de junho de 2016

FAMOSOS. Atitude de Celulari é importante para tratamento

Figuras famosas da mídia começam a rever aquele velho conceito de evitar falar de doenças contraídas e, de forma até corajosa, passam assumir a condição em divulgá-las. O caso de Edson Celulari é o mais recente e, segundo especialistas, assumir a doença colabora para o tratamento. 








O ator de 58 anos foi diagnosticado com um linfoma não-Hodgkin, tipo de câncer que afeta o sistema de defesa do organismo e chegou até a publicar sua foro no Instagram já sem cabelo.

Outros famosos, também, passaram a assumir suas doenças numa forma de evitar boatos que, diante da falta de informações corretas, passam a gerar entre o público. 

Esse tipo de comportamento já fora evidenciado em casos do ator Reynaldo Gianechinni, do ex-presidente Lula, da apresentadora Ana Maria Braga, da presidenta Dilma Roussef e, mais recentemente, a apresentadora Sabrina Parlatore.

No Ceará, temos o caso dos jornalistas Carmina Dias e Narcélio Limaverde assumindo e até divulgando etapas do tratamento a que se submeteram.  

Um outro caso, o do radialista Ênio Carlos, levou algum tempo para se tornar conhecido do público, até a própria família admitir a doença do apresentador, pondo fim as dúvidas que apenas geravam boatos. 

Diferente do passado quando se temia até mesmo pronunciar-se o nome da doença, essa é uma atitude nova - e corajosa - que, de certa forma, serve ajudar no enfrentamento da doença. 

Nenhum comentário: