segunda-feira, 23 de maio de 2016

JORNAL. Onde o jornal-papel soube sobrepor-se ao digital

O Mídia Mundo, do Eduardo Tessler, reconheceu a força da Folha de SP, deixando para a plataforma do impresso a bomba lançada hoje na sua primeira página e que já provocou renúncia de ministro no governo de plantão de Michel Temer. 


Para quem ainda não entendeu como as plataformas devem conviver em uma mesma empresa, Folha de S. Paulo(SP) ensina.

Uma exclusiva-bomba foi garimpada pelo repórter Rubens Valente. O risco de vazamento era mínimo. Ou seja, valia a pena segurar e publicar no jornal-papel.

Os colunistas, porém, souberam antes. Era preciso que tivessem tempo para repercutir no site hoje cedo. Com novidades.

O resultado é uma bomba que está ecoando em Brasília desde cedo, batendo recordes de acesso nos sites da Folha(Folha e UOL). E possivelmente vai terminar por degolar o primeiro ministro do governo interino.

Golaço da Folha.

Nenhum comentário: