quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

SOLIDARIEDADE. Ao radialista Ranilson, ameaçado de morte

Li no blog do Eliomar e aproveito para solidarizar-me com o Ranilson Silva, que atua na cidade de Nova Olinda e vem sendo ameaçado de morte. Em favor da liberdade de expressão e contra as 'organizações' criminosas que atuam no Ceará. 
Texto do blog do Eliomar: 
O radialista, advogado e estudante de jornalismo Ranilson Silva registrou nesta quarta-feira, 30, boletim de ocorrência na Delegacia Regional do Crato, a 550 quilômetros de Fortaleza, por ter sofrido ameaça de morte. Ranilson apresenta o programa FM Notícia na Rádio Nova Olinda FM, cidade de mesmo nome vizinha a Crato, no Cariri Cearense.
Ele disse ter sido abordado por quatro homens em duas motos, na noite de terça-feira, 29, quando chegava em casa, em Nova Olinda. Os homens desceram das motos, agrediram fisicamente o radialista e disseram, segundo Ranilson: “Deixe de falar besteira no rádio”.
Ranilson também é assessor de comunicação do prefeito de Nova Olinda, Ronaldo Sampaio, eleito pelo PSD, além de diretor, apresentador e repórter da Nova Olinda FM. De segunda a sexta-feira, Ranilson apresenta o programa FM Notícia.
A ameaça foi registrada no mesmo dia em que duas entidades internacionais divulgaram relatórios sobre a violência contra profissionais de imprensa pelo mundo. De acordo com o Comitê para a Proteção de Jornalistas (CPJ), o Brasil teve em 2015 o maior número de profissionais assassinados em função dessa atividade em um ano: foram seis casos entre janeiro e 23 de dezembro.
Um desses homicídios ocorreu no Ceará, em 6 de agosto. O também radialista Gleydson Carvalho foi morto dentro da Rádio Liberdade FM, de Camocim, a 379 quilômetros de Fortaleza. Duas pessoas invadiram a emissora e executaram o profissional com três disparos de revólver.
A polícia prendeu em Metropolitana de Goiânia (GO), em 25 de setembro passado, dois suspeitos de terem participado do crime. Um deles, Thiago Lemos da Silva, confessor que participou da execução e que recebeu R$ 2 mil. No depoimento, disse que Gleydson foi morto “porque falava demais”.
ESTADÃO conteúdo

RÁDIO. 1 cearense entre as 3 comunitárias mais acessadas


GOOGLE PLUS. Onde nossos 'posts' estão em forma de site

Cada postagem nossa, aqui no GENTE DE MÍDIA, é automaticamente compilada no Google Plus, onde temos uma página em forma de site. Para lincá-la, clique AQUI

JUSTIÇA. Humorista Bill Cosby é preso por agressão sexual


O ator de televisão norte-americana Bill Cosby foi acusado de agressão sexual na Pensilvânia. Ele foi preso e a fiança fixada em l milhão de dólares. Cosby, que chegou ao tribunal vestindo uma malha de moleton, foi escoltado para fora do tribunal em meio a uma leva de fotojornalistas. Ele teria concordado no tribunal em não ter nenhum contato com sua acusadora.

FAKES. A morte de Zé Rangel e o dia em que matei a rainha

E andaram 'matando' o colunista social José Rangel. Explico: publicaram no whats'app que ele havia falecido. Um bocado de gente que estima o profissional começou a ligar para ele e - ainda bem! - se deparou com mais um desses 'fakes' que, vez por outra, surgem na internet. 

O próprio Zé Rangel escreveu um 'desabafo', agradecia a bem-querência e as centenas de mensagens e telefonemas recebidos. 

Quanto ao autor da mensagem falsa, ele considera "um covarde inimigo oculto, que vive nas trevas e queimará no fogo do inferno e não se arrepender dos seus pecados".  

Calma, Zé! Eu já fui 'morto' algumas vezes por esse tipo de boato e, por exemplo próprio, garanto a você que isso dá uma sorte danada. A gente vive mais tempo. 

Nos anos 60, quando eu era rádio-escuta da Rádio Iracema de Iguatu (com 14 anos de idade, já tinha essa responsabilidade), ouvi uma notícia da morte de uma pessoa da nobreza real britânica e na ânsia de dar em primeira mão, acabei matando a Rainha Elizabeth. Até hoje, a velha senhora resiste. 

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

TV. Sai 'Bom Dia, PE' entra no lugar o 'Bom dia, MT'. E aí?

Já imaginou o horário do "Bom Dia, Ceará", da afiliada da Rede Globo, ser ocupado pela versão de outro Estado? Não com o tele-jornal apresentado pela Eveline Frota, mas a versão do matinal de Pernambuco. Em lugar do habitual jornal do Estado pernambucano, entrou no ar o 'Bom Dia, MT'. Coisa interessante! Mas deixa eu pedir ajuda dos u... digo melhor, do UOL para explicar o fato. 

Um problema técnico na Globo fez a emissora transmitir nesta terça-feira (29) o "Bom Dia MT" em Pernambuco no lugar do tradicional "Bom Dia PE". No Twitter, não perdoaram, claro.
Não se tratava de nenhuma pegadinha. No "Bom Dia Brasil" veio a explicação: um raio atingiu a emissora da Globo Nordeste em Olinda e danificou os equipamentos. Por isso, a opção por transmitir a versão de Mato Grosso do jornal.
Porém o tema "Bom Dia MT" ficou durante algumas horas entre os mais comentados da rede social. A maioria dos comentários era para fazer graça. Vejam alguns deles: 



RETRÔ. O brasileiro assistiu mais televisão no ano de 2015

O brasileiro assistiu a mais televisão em 2015, segundo a Kantar Ibope Media. Os televisores do país ficaram ligados, em média, 5 horas, 59 minutos e 45 segundos, um aumento de 9% em relação ao ano passado. Em 2014, foram 5 horas, 45 minutos e 46 segundos.

(Outro Canal)

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

RETRÔ. O relatório de tendências da imprensa em 2015

Quem produz, imprime, escreve e vende jornal, provavelmente, já deve ter ouvido falar do World Pess Trends, as tendências mundiais para a imprensa. Desde 1989 elas sao publicadas com dados e números sobre a indústria jornalística mundial: circulação, leitores, as receitas, as despesas de publicidade e dados de títulos de venda superior de cada país

O relatório de 2015 produz algumas surpresas se levarmos em conta que foi ano de crise. Foram 800 milhões de acesso para edições digitais de jornais, quase metade de todos os usuários da Internet. Nunca houve tanta audiência para os jornais. Tanto o impresso quanto a edição online produziu cerca de 180 mil dólares em receita anual, receita maior que o das editoras de livros, música e cinema. 

HUMOR. Alguém já tinha visto um 'selfie' do conde Drácula?



Nesse tempo todo de existência dos famosos 'selfies', eu nunca tinha me apercebido de que, na Terra, só um ser seria incapaz de fazer esse tipo de auto-retrato: Drácula. Curioso, fui consultar o santo Google e descobri que alguém já havia se antecipado a mim em relação a essa 'inquietante' questão. 

O DevianArt, por exemplo, pubicou charge alusiva e Lilian Ru'  produziu uma arte, aproveitando-se de um dos mais famosos Vlad do cinema, o ator Bela Lugosi. 

Há até mesmo uma cena do filme com Christopher Lee, onde a estaca é lembrada como se fosse um 'pau-de-selfie' do conde Drácula na hora em que tenta fotografar-se. 


WEB. Jornal do Absurdo: um rival para o Sensacionalista:


Vivi de rir, esta segunda feira. A exemplo de "O Sensacionalista", um blog que se considera "jornal isento de verdade", descobri que, também, existe no no Ceará um similar dele. É o "Jornal do Absurdo". Desde julho, ele publica fatos acima de qualquer senso ou razão lógica, como esse do registro desta segunda feira. 

Em 2015, o programa "Barra Pesada" completou 25 anos de exibição na televisão e atualmente é líder de audiência em seu horário. Tanto é que a TV Jangadeiro estuda incluir a palavra "Barra" em todos os outros programas para conseguir manter os altos índices e criar novas atrações inspiradas na cobertura policial.

Veja como pode ficar a nova grade:- Sinais do Barra- Na Cozinha com o Barra- Momento Keké Barra na TV- Gente no Barra- Jornal do Barra- Barra Pesada 1ª Edição- Barra Esporte Clube- É do Barra- Loteria do Barra- Só no Barra- Toto Barra Show- Barra Pesada 2ª Edição- Barra Pesada Edição Bom Jardim- Barra Pesada Edição Pirambu- Barra Pesada Edição Messejana- Barra Pesada Edição Barra do Ceará- Chame o Barra
 Os programas deverão ser todos apresentados por Nonato Albuquerque que ganhará um puxadinho nas dependências da emissora e só sairá com autorização da direção. A TV Jangadeiro promete conceder indultos ao jornalista nos principais feriados.

Em outra postagem, o blog brinca com a irreverência do Tirulipa em torno de Caio Ricard, repórter do canal 10. 

Em depressão e traumatizado, Caio Ricard não bebe leite desde brincadeira feita por Tirullipa


Não sei atinar a autoria, mas, provavelmente, deva ser de algum cearense tão irreverente quanto a maioria dos seus humoristas.  

(Obrigado Arnaldo Araújo, pela dica)

domingo, 27 de dezembro de 2015

POR ONDE ANDA. Mariana Sasso sumiu do vídeo cearense

O ano passa, mas a pergunta não: cadê Mariana Sasso? Eu a vi tão poucas vezes na tarefa de fazer jornalismo. Sei que ainda atua na tv, mas anda sumida. A ex-apresentadora do Globo Esporte, que deixou o vídeo em fevereiro de 2013, 
voltou em outubro do mesmo ano no 'Programa da Sasso', na Diário. O programa saiu do ar. 
Sei que, nesse ínterim, ela se casou, teve um filho, cuidou da mãe doente e das coisas de sua doutrina. Mas fica devendo ao público mais participação. Que 2016 conserte essa ausência. 

HUMOR. A retrospectiva de 2015 que você não verá por aí


A novela mais assistida foi a da Eliana inPitmann Dilma. Um saco de gatos.

O que mais foi visto nas ruas: foi a reca de viaturas da AMC. Como elas aparecem na hora de multar! Leva o CD do Belchior "multa, esse fela da puta..."

O sumiço do ano foi o do 'bel' Crioulo. Gravou um CD com a dona Ivete Sangallo, mas tomou chá de sumiço. Leva o troféu Belchior do ano

Quem leva a faixa de rainha das ruas de 2015, são as ciclofaixas do prefeito Roberto Cláudio. Há coisa de um ano eram as árvores do Coco.

O maior "fora" do ano foi o do cantor Dorgival Dantas ao anunciar que Luiz Gonzaga deve o que foi, ao cantor da banda de pseudo forró Aviões do Forró, que é tão famoso que eu nem sei o nome.

A gafe do ano em concurso de beleza, nao foi o equivoco do apresentador do Miss Universo trocar o resultado do concurso. Foi outro apresentador, Enio Carlos, esquecer de realizar o concurso miss Catiroba, versão 2015. Leva o troféu "ainda bem que Alzheimer serve pra nos livrar de alguma coisa".

O pestinha do ano foi esse desgraçado mosquito da dengue que disputou manchetes com as novelas da Globo. Ganhou todas. Menos das pragas dos ' 10 Mandamentos', da Record; mas também eles já estavam picando aquela reca de faraó sem faro nenhum.

REDES SOCIAIS. Mulher de Wesley aciona a Justiça

O 'print' acma é da páginas sociais da mulher do cantor Wesley Safadão. É um registro do que se imagina seja a felicidade de Thyane Dantas pelo ano 2015. Mas nem tudo sugere felicidade. 

Na Telinha, coluna de entretenimento, narra-se que nos os últimos dias, ela usou seu perfil no Instagram para desabafar contra ataques que ela e sua família vêm sofrendo na internet.

Ela compartilhou prints de mensagens e escreveu: "Durante três anos buscamos na justiça punição para crimes cibernéticos cometidos por um grupo de pessoas que criam inúmeros perfis ‘fakes’ e até mesmo ‘haters’ para disseminar o ódio contra eu e minha família... Já li muitos absurdos, mas o maior deles são esses perfis conseguirem realmente formar opiniões de pessoas alheias a real situação, em meio a tanta mentira, ódio, montagem e situações inexistentes. Pessoas que ao ler as postagens caluniosas e difamatórias dizem não concordar com tamanho absurdo que estão lendo. Imagens e situações que envolvem crianças, de conteúdos abusivos, mas acreditem: tem plateia pra isso".

DEU NO UOL. Boechat apresenta jornal de chinelos na tevê

Do UOL, em São Paulo
O jornalista Ricardo Boechat resolveu trabalhar confortavelmente neste sábado (26) e apresentou o "Jornal da Band" de chinelos.
A liberdade foi compartilhada pelo perfil do noticiário no Facebook e pelo próprio âncora. "Com o calor que fez hoje", escreveu ele em um post, que ganhou vários compartilhamentos e curtidas na rede social.
Mais cedo, Boechat já tinha sido elogiado pela página da rádio Band News por comparecer aos estúdios com o calçado. "É final de semana, dia de plantão e todo mundo quer ficar mais de boa", diz a legenda do post.
Irreverência, depressão e câncer
Em 2015, Boechat foi notícia algumas vezes tanto pela irreverência, como quando terminou o "Jornal da Band" estourando plástico bolha, como por problemas de saúde. Em novembro ele contou ter descoberto um câncer de pele, mas removido o tumor por meio de uma microcirurgia.
Já em agosto, ele contou ter sofrido um surto depressivo minutos antes de entrar no ar na BandNrews. Depois de 15 dias afastado, ele foi ao Facebook dar uma satisfação aos fãs e espectadores. "Simplesmente sofri um colapso, um apagão aqui no estúdio. Nada na minha cabeça fazia sentido. Nenhum texto era compreensível", escreveu. 

sábado, 26 de dezembro de 2015

TOM CAVALCANTE fala dos seus planos para o ano novo

Deu na Folha de SP 

‘Os jovens estão quebrando a cara buscando o novo’, diz Tom Cavalcante
POR FOLHA
Longe da televisão havia quatro anos, Tom Cavalcante voltou em junho deste ano com o humorístico “#PartiuShopping”, no Multishow. O programa não terá segunda temporada, mas o comediante segue contratado do canal. Ele prepara para 2016 uma paródia de talk show, ainda sem nome, conduzida por personagens do humorista. 
“Quando me chamaram para o ‘Partiu’, direção e roteiro estavam definidos, fiquei como observador. Agora, posso dar mais minha cara”, diz ele à coluna. (BIANCA SOARES)
O humorista Tom Cavalcante, que prepara novo programa para 2016 - Crédito: Zô Guimarães/Folhapress
O humorista Tom Cavalcante, que prepara novo programa para 2016 – Crédito: Zô Guimarães/Folhapress
Seu humor é popular, como isso afasta a classe alta?
Pesco o que li num livro ou vi num filme e aplico isso de forma popular. As pessoas viajam em ideias elitistas. Por mais que eu tenha o privilégio de viver em Los Angeles, no ninho do cinema, sei que no meu país a maioria das pessoas ainda está crescendo economicamente e sonha em ter uma TV a cabo um dia.
 
Mas você acha que a classe alta está carente de programação humorística?
O que eu acho é que nos últimos tempos a gente perdeu a referência de Brasil. Com a internet, as pessoas vivem a máquina Estados Unidos de forma muito consistente, das roupas aos costumes. O humor brasileiro, assim como o inglês, continua sempre lidando com as referências nacionais.
 
Você participou há pouco do ‘Tomara que Caia’, que saiu do ar por fraca audiência. O que deu errado?
Alguns formatos não dão certo. Pode ter um elenco estelar, mas se não tem química… As pessoas estão tentando levantar o novo, mas não percebem que o alicerce é o ensinamento do velho. 
Os jovens estão quebrando muito a cara buscando o novo. No “Tomara que Caia”, o Boninho falou: “Você tem que entrar de Ribamar”. Na hora, explodiu a audiência. E aí tinha gente que dizia “ah, mas Ribamar já foi”. Está errado. A mesma coisa com a “Escolinha” —a fórmula é de sucesso, vai explodir.
 
Quer voltar pra TV aberta?
Se tiver um projeto interessante, sim. No momento não tenho nada.

RÁDIO. Punido por tocar a mesma música 24 vezes seguida


Deu no UOL:

O apresentador de uma rádio austríaca acabou punido depois de se trancar no estúdio e tocar a música "Last Christmas", do duo pop britânico Wham!, 24 vezes seguidas na última quarta (23). 
Joe Kohlhofer usou seu programa matinal de rádio para fazer uma maratona do clássico natalino por duas horas seguidas. Ele trancou a outra apresentadora do programa, Patricia Jordan, e os produtores para fora do estúdio para poder fazer a brincadeira.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

RESGATE. Um texto que publiquei no blog em 2010

Poema. Ofício de jornalista e jornalismo


Ouvir a pulsação do dragão de Commodore.
Sentir o impacto do que aconteceu em Tunguska

Ver o lado escuro da lua. O lado escuro da esperança.

Passar a língua, degustar o manuscrito anônimo
da Biblioteca do Mosteiro de Monte Athos, do século XI.

Farejar o vento nuclear de Sodoma e Gomorra.
Aspirar o cheiro do medo em Auschwitz.

Copular e sentir a energia ofegante da criatura alienígena.

E então ir dizer a todos, como tudo é.
Sem remover qualquer vírgula.

Sim. Esse é o ofício do jornalismo.

(Gandica/Publicado por Enigmas PRESS)

RETRÔ 2015. As 50 melhores capas de jornais do mundo


O pessoal do site La Buena Imprensa selecionou as 50 melhores primeiras páginas de 2015. Apenas uma brasileira, do jornal Extra do Rio, consta da lista. Eu elegeria uma do Povo, de Fortaleza.