segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

PENSAMENTOS. Sobre o ano que se vai

Daqui há 4 existências, não vou esquecer o que mais fiz em 2012. Depois da 5ª vou me lembrar q melhorei, no ano, minha radiância espiritual
2012 foi um ano que me deu coragem. Para cortar amarras de 30 anos com as quais pensava encerrar a minha operação 'Suor do Meu Rosto'. Venci
Em torno de mim circunavegam os vivos que já se foram. Eu abraço à distância os mortos que vêm tirar 2tões de conversa . Neles, sinto vida.
Tuitar é um verbo fascinante; principalmente, quando a gente coloca a alma no 'post' e a divide com os amigos que socializam as redes da web
Andei 60 janeiros para chegar aqui. Não será um pequeno contragosto da Vida que vá me tirar a chance de dizer sempre que eu sou feliz. Sou.
Tão pouco tempo tenho para dizer ao ano velho o quanto lhe sou grato; pelo que passei e pelo que aprendi. Amanhã, talvez, dele sinta saudade
O rio jamais pode queixar-se da fonte sua cota de ajuda. São de gotas que ele se faz, adoçando terras, ventralizando frutos e se fazendo mar
Feliz ano velho, que me trouxe mais do que eu (mais) merecia. Salve novo ano! Que não me tire o que eu mais preciso e que ainda não tenho.
O mar de novidades que o ano novo pode nos trazer, depende do curso das águas de nosso rio. Muitas são evaporadas antes de chegar à praia
Um menino comprou um calendário novo achando que tudo mudaria pro seu lado. Todo menino é um rei, mas precisa de alguém que pense por ele.
Quem acha que tudo de bom estar guardado no novo ano que vai chegar, na verdade, não se conhece. O novo começa em nós; em mudar atitudes.
As raízes de 2013 estão encerradas no chão de cada um de nós. Vale é cuidar bem da planta que nasce para que as suas sementes dêem frutos.

Um comentário:

Anônimo disse...

È sim...e me diga. quem foi o leitor mas " fiel" deste ano? se falava de uma retrospectiva e bla,bla ,bla.