quinta-feira, 28 de junho de 2012

TEVÊ. Falha da Globo no 'Bom Dia, Brasil'

.

Celso Neto escreveu: "Nonato, vamos ver se você é bom observador: há dois erros nesse trecho do Bom Dia Brasil: o primeiro, gritante, do câmera e caboman passando em frente à câmera que estava no ar; o segundo, você sabe qual foi? Vamos pensar?!"

Celso, entrego os pontos, não notei...

2 comentários:

Celso Neto disse...

Nonato, vamos ver se você é bom observador: há dois erros nesse trecho do Bom Dia Brasil: o primeiro, gritante, do câmera e caboman passando em frente à câmera que estava no ar; o segundo, você sabe qual foi? Vamos pensar?!

Celso Neto

Celso Neto disse...

Nonato, a Renata fala: "(...) o próprio presidente da ONU, Ban Ki-Monn também criticou o documento final". Não existe o cargo de "presidente da ONU". O organograma da UN (United Nations) é fincado em seis pilares: Assembleia Geral, Conselho de Segurança, Secretariado, Tribunal Internacional de Justiça, Conselho Econômico e Social e Instituições especializadas. O coreano é o secretário-geral da Instituição, tem por incumbência além de dirigir o Secretariado, conduzir também o Conselho de Segurança, a Assembleia Geral e o Conselho Econômico e Social, representá-la, mas não é "presidente" da ONU, uma vez que o Tribunal Internacional de Justiça e as Instituições especializadas - dentre elas a FAO, a UNESCO, a OMS e o poderoso FMI - não respondem diretamente ao Secretariado. Ele é oficialmente o chefe administrativo, mas não presidente, sendo que o organismo maior, a Assembleia Geral, funciona como um parlamento, onde as decisões são referendadas por cada um dos representantes dos estados-membros. Pode parecer uma questão puramente técnica, mas afirmar "presidente da ONU" - ainda que muitos o considerem um "presidente" de fato, mas não de direito - é um erro até grosseiro, principalmente para uma jornalista como a Renata Vasconcelos e uma emissora como a Globo. Um abraço.
Celso Neto